Até ao dia 16 de outubro, a Biblioteca Municipal de Serpa recebe a exposição Por um fio, da ilustrada Priscilla Ballarin. São ilustrações, livros e experimentações bordadas em papel. 

Na inauguração, no passado dia 18 de setembro, Priscilla Ballarin deu um workshop de postal bordado, no Jardim da Biblioteca Municipal. Nesta primeira quinzena de outubro, que se avizinha, já não é possível fazer o workshop, mas é possível conhecer de perto o trabalho da ilustradora.

Estas intervenções de bordado em papel não são novas para Priscilla Ballarin. Na linha do corpo de trabalho que apresenta na Biblioteca Municipal de Serpa, publicou recentemente o livro (Des)apontado, em parceria com a escritora brasileira Edith Chacon, que está também entre as cinco obras expostas. 

Priscilla Ballarin nasceu em 1978 em São Paulo, no Brasil. Descreve-se como uma "artista-arteira apaixonada por linhas, desenho, papel, livros e bons encontros". Atualmente mora entre Lisboa e São Paulo, onde trabalha com design gráfico, ilustração, bordado em papel e publicações independentes.

Na biblioteca, o universo visual de Priscilla Ballarin, que é também designer e ilustradora da Revista Gerador, ganha espaço. Conhecer as suas obras é, também, conhecer um pouco de si. 

Fotografias da cortesia de Priscilla Ballarin