A Câmara Municipal do Funchal em parceria com a Centro de Reabilitação da Sagrada Família está a promover, desde 2020, duas residências artísticas com o Teatro Bolo do Caco e os Camachofones. O objetivo é contribuir para a inclusão através das artes.

O projeto pretende fornecer aos utentes desta instituição uma formação em artes circenses e musical através de ensaios e oficinas, recorrendo à criação artística para ultrapassar barreiras sociais e preconceitos em relação à deficiência.

O primeiro evento público, no âmbito desta parceria, será realizado na próxima semana, dia 30 de julho, pelas 18h00, no Teatro Municipal Baltazar Dias. Este evento será um ensaio aberto musical dirigido pelo projeto Inclusão com (Re)Percussão, com a participação do Grupo de utentes e docentes do Centro de Reabilitação da Sagrada Família chamado TAMPA e os Camachofones.

O investimento total, do projeto, remonta o valor dos 8 mil euros e pretende tornar realidade a convicção da Câmara Municipal do Funchal de que a arte é o motor de inclusão e mudança social, pelo seu poder único de unir as pessoas. 

O espetáculo terá uma duração de uma hora e tem uma lotação de 40 pessoas, sendo a entrada livre mediante inscrição do formulário que se encontra disponível aqui

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Pexels