O prazo limite para o envio de candidaturas para a Bolsa Amélia Rey Colaço foi alterado para o dia 28 de Maio de 2020. Assim, ainda é possível concorrer para a 3ª edição , atribuída pelo Teatro Nacional D. Maria II, o Centro Cultural Vila Flor, O Espaço do Tempo e o Teatro Viriato.

A bolsa, que homenageia a actriz e encenadora Amélia Rey Colaço, figura incontornável do teatro português, destina-se "a apoiar a produção de espetáculos de jovens artistas e companhias emergentes", nacionais e estrangeiros residentes em Portugal, "com o intuito de promover a renovação da criação teatral portuguesa", lê-se na apresentação.

Consiste no "financiamento a título de coprodução", no valor de 22.000,00 euros, no "acesso a residências artísticas e espaços de criação" e na "apresentação de um novo espectéculo de teatro a estrear na temporada posterior àquela em que se realiza o concurso para a atribição da bolsa."

Podes consultar o regulamento aqui.

Texto de Raquel Botelho Rodrigues

Cartaz disponível na página do TNDM II