As Carpintarias de São Lázaro lançam Open Calls nas áreas da Música, Artes Visuais, Cinema & Vídeo Arte, e também de Voluntariado. 

O primeiro, destinado a músicos de rua, nacionais e internacionais, foi lançado no dia 8 de Abril e as candidaturas permanecem abertas até dia 15 de Junho. "Esta residência pretende valorizar a comunidade de artistas que
utilizam, pelo mundo fora, o seu talento, o seu conhecimento e cultura
musicais, e o seu domínio quer dos instrumentos musicais - tradicionais
ou inventados - quer das ferramentas digitais, Midi e Media, nos seus
inúmeros formatos e possibilidades para viajar e conhecer o mundo,
utilizando como meio de subsistência e enriquecimento pessoal, esse
poder combinado de criatividade e inovação. Por vezes, com apenas um
smartphone, um pequeno amplificador e um instrumento, músicos hoje
conseguem fazer autênticos concertos e espetáculos para audiências
espontâneas em qualquer lugar no espaço urbano, reproduzindo,
compondo ou improvisando entre a canção e a música eletrónica, o jazz e
a música do mundo, o folk, ou mesmo a sonoplastia, cada vez com mais
diversidade, qualidade e talento", lê-se no regulamento.

A residência varia entre seis a oito semanas. Começará por uma exploração da cidade e conhecimento dos seus públicos, passará, depois, pela realização de workshops, nas ruas e nas Carpintarias, destinado à partilha de "conhecimento musical e artístico", bem como relativo à "experiência de vida", nos quais se propõe a recolha de elementos para a criação de um concerto no Centro Cultural e de apresentações de rua, num terceiro momento.

As datas das restantes Open Calls serão anunciadas brevemente. A residência destinada às Artes Visuais, Air Carpintarias, destina-se a artistas estrangeiros não-residentes em Portugal e a de Cinema & Vídeo Arte será concretizada através de intervenções no espaço das Carpintarias. Propõe-se, ainda, a criação de uma equipa de voluntários para o "futuro acompanhamento do trabalho desenvolvido pelo Centro Cultural", lê-se no comunicado de imprensa.

Texto de Raquel Botelho Rodrigues

Cartaz das Carpintarias de São Lázaro