Os ciclos de verão da Casa do Cinema de Coimbra acontecem ao longo do mês de julho, com o objetivo de aproximar o público jovem do cinema português. A programação incluí um conjunto de sessões, conversas e formações que abordam as criações dos realizadores locais e ainda uma perspetiva internacional do cinema, complementada com o Curso de Montagem e Autoria.

A primeira sessão do mês de julho, ficou a cargo de Tiago Cravidão e as Sete Mil Portas. Juntam-se ainda Regina Pessoa, Alexandra Ramires, António Ferreira e Tiago Hespanha, com sessões de cinema seguidas da apresentação por parte dos próprios realizadores. O olhar internacional sobre o cinema passa pelo Brasil, Japão, Filipinas e República Dominicana, com a participação de Gabriel Mascaro, Abbas Kiarostami, Brillante Mendoza e, Laura Amelia Guzmán e Israel Cárdenas.

Os próximos eventos previstos na programação do ciclo de verão da Casa do Cinema de Coimbra convidam, a 22 de julho, o realizador José Filipe Costa para a sessão de “Linha Vermelha”. A 23 de julho, a “Antologia”, que reúne a obra de Jerónimo Rocha, aproxima o público dos oradores, cumprindo um dos principais objetivos da iniciativa.

XXVI Festival Caminhos do Cinema Português

Segue-se a Matiné Infantil, a 24 de julho, com a apresentação das curtas-metragens nacionais, um conjunto de filmes de ficção e animação que abrem as salas de cinema às crianças e aos pais. Já nos últimos dias do evento, a 27 e 28 de julho, estarão em exibição as obras de Tiago Hespanha e Frederico Lobo, “Revolução Industrial”, e “Dólares de Areia”, de Laura Amelia Guzman e Israel Cárdenas.

A formação de Montagem e Autoria, que integra a programação do mês, é organizada pela Caminhos do Cinema Português – Associação de Artes Cinematográficas de Coimbra e pelo Centro de Estudos Cinematográficos/AAC. Dividida em duas sessões, sendo a próxima entre 13 e 17 de setembro de 2021, o curso procura fornecedor um conjunto de ferramentas e competências de análise e debate aos participantes, a par com os autores e cineastas. Os participantes poderão aprofundar as conceções do uso expressivo e do trabalho literário numa oficina de montagem vídeo, permitindo-lhe adquirir noções base do trabalho de edição e da criação de um pensamento narrativo.

Para mais informações sobre a programação do ciclo de verão da Casa do Cinema de Coimbra e o curso de Montagem e Autoria, consulte aqui.

Texto de Ana Mendes
Fotografia disponível na página de facebook do Festival Caminhos Cinema Português

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.