Aquela que é a maior operação estatística do país já está em andamento. As cartas com códigos para responder aos questionários do Censos 2021 pela Internet começaram no passado dia 5 de abril a ser distribuídas por todos os alojamentos do território nacional.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE) “cerca de 11 mil recenseadores” estão envolvidos na entrega das cartas nas caixas de correio dos agregados familiares”.

As cartas contêm um código que deve ser utilizado para responder às questões em censos2021.ine.pt, a partir de 19 de abril. O preenchimento do questionário é obrigatório.

“Até 03 de maio, os cidadãos podem também responder aos questionários pela Internet ou pelos meios alternativos disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que incluem o número de telefone 210542021”, diz o INE.

Em caso de impossibilidade de utilização dos meios indicados, as respostas “poderão também ser dadas nos e-balcões das Juntas de Freguesia ou preenchendo os questionários em papel que os recenseadores começarão a entregar a partir de 31 de maio, cumprindo protocolos de segurança em saúde pública”.

Ao todo, estarão envolvidas cerca de 15.000 pessoas na realização e tratamento dos dados do Censos 2021

“A exaustividade da recolha e do tratamento dos dados dos Censos conferem a esta operação estatística, realizada de 10 em 10 anos, um papel único no conhecimento do parque habitacional e da realidade demográfica, social e económica do país, produzindo também informações imprescindíveis para a tomada de decisões de investimento pelos sectores público e privado”. 

O INE ressalva ainda que “todos beneficiaremos” da recolha destes dados que serão disponibilizados à sociedade, “incentivando o estudo do presente para planear melhor o futuro”.


Fotografia via Unsplash