Todas as quintas na Central Gerador sentamo-nos à conversa com três autores que nos ajudam a responder a uma pergunta específica. Depois de falarmos sobre como criar uma publicação independente, como fazer cultura para a infância e como fazer a curadoria de uma exposição vamos esta quinta, 27 de Junho às 19h30, falar sobre como programar um festival de cinema.

Esta semana desafiámos para a conversa o Fernando Galrito, fundador e director artístico do MONSTRA, festival de cinema de animação de Lisboa, o Nuno Sena, director e programador do IndieLisboa International Film Festival e, ainda, Pedro Souto, director e programador do MOTELX, festival de cinema de terror de Lisboa. A moderação fica nas mãos de um jornalista do Gerador.

Sobre Fernando Galrito

Fernando Galrito tem formação em Cinema, Animação e Teatro. É licenciado em Antropologia, mestre em Cultura e Tecnologias da Informação e doutorado em Comunicação Cultura e Artes | Performance e Animação. É fundador e director artístico do MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival e da MONSTRINHA desde o ano 2000. Enquanto investigador explora e desenvolve metodologias pedagógicas da imagem em movimento para públicos infantis, juvenis, universitários e formadores. Enquanto criador investiga e desenvolve projectos na relação e interação entre o corpo, a performance e a imagem em movimento, mediada por sistemas digitais e analógicos.

Sobre Nuno Sena

Foi um dos fundadores do IndieLisboa International Film Festival, do qual é director e programador desde o início. Licenciou-se em Ciências da Comunicação, com especialização em Cinema/Audiovisual pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Trabalhou como assessor da direcção do ICA - O Nosso Ecrã e foi responsável pelo departamento de programação da Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema. Foi ainda programador do festival Doclisboa entre 2004 e 2006.

Sobre Pedro Souto

É um dos fundadores do MOTELX onde é director e programador desde 2007. Licenciou-se em Cinema pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Produziu e foi director de fotografia em várias curtas- metragens e foi, ainda, produtor associado da premiada longa-metragem “O Primeiro Verão”.
Hoje é ainda Secretário Geral da Federação Europeia de Festivais de Cinema Fantástico, instituição com mais de 30 anos que organiza o concurso anual Méliès d'or para a melhor longa e curta-metragem europeias.

Até 30 de Junho celebramos os 5 anos do Gerador com uma programação regular de quinta a domingo. O Café Central, a cafetaria da Central Gerador, estará também aberto de quarta a domingo com petiscos e bebidas que aconchegam o estômago e elogiam a gastronomia portuguesa.

Onde fica a Central Gerador?

A entrada faz-se pela Rua Luis Pastor de Macedo, nas traseiras do edifício da Junta de Freguesia do Lumiar, pelo portão verde que estará aberto. A Central Gerador fica no Largo das Conchas, Casa da Cidadania, nº 5, Lumiar (Lisboa).

Créditos - Fotografia de Diana Mendes