A vila portuguesa pertencente ao distrito da Guarda, Figueira de Castelo Rodrigo, planeia inaugurar um Centro Interpretativo Judaico, em Abril.

Paulo Langrouva, Presidente da Câmara, investe na iniciativa, acreditando que potenciará o turismo, também, na aldeia histórica de Castelo Rodrigo e nas localidades de Esclhão e de Mata Lobos.

"O Centro [Interpretativo Judaico] está pronto. A obra física está finalizada. Neste momento, estamos a finalizar também o trabalho todo de conteúdos, ou seja, da componente imaterial dos conteúdos, e está prevista a inauguração, em princípio, no decurso do mês de abril", disse o Presidente à agência Lusa.

O edifício de dois andares, antiga propriedade do município, adaptada para o novo fim, situado no centro da vila, conta com quatro salas expositivas, onde serão expostas histórias de vários judeus que passaram pelo concelho, com destaque para Efraim Bueno, um médico, físico e astrónomo judeu, que se destacou profissionalmente na Holanda, e uma sinagoga. Nesta última, os judeus poderão practicar o seu culto.

Texto de Raquel Botelho Rodrigues
Fotografia de Tanner Mardis, via Unsplash

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.