fbpx
Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

Chamadas de Embalar, com um abraço na forma de canção

A pandemia do coronavírus e a paralela onda de solidariedade são o mote de mais…

Texto de Rita Dias

Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

A pandemia do coronavírus e a paralela onda de solidariedade são o mote de mais um projeto de aproximação segura, Chamadas de Embalar. O conceito é simples – encomendar uma serenata para alguém que se ama –, é inclusivo – faz-se por telefone, não isolando quem não tem acesso à internet –, e é solidária – as doações de quem encomenda revertem para dois hospitais destacados para combater a covid-19.

De 6 a 16 de abril, entre as 20h00 e as 22h00, vários artistas pegarão no telefone e farão uma serenata ao ouvido, como veículos artísticos de uma surpresa encomendada. Beatriz Pessoa, Ditch Days, Ana Mariano, Marinho, Vasco Completo, Rita Dias, Gabriel Petra, Surma e Lour são alguns dos nomes confirmados, com estilos diferentes entre si, o que deixa uma pegada musical e artística especial. Espera-se que estas Chamadas de Embalar possam chegar a profissionais de saúde e a qualquer profissional que esteja a trabalhar ou a familiares e amigos que estejam isolados.

O Gerador falou com Rúben Pardal, um dos responsáveis do projeto, que explicou como se juntou à Carolina Caldeira e ao Francisco Lacerda para que o Chamadas de Embalar acontecesse. “O projeto surgiu face ao contexto de crise e isolamento social em que vivemos. Eu estava a fazer isolamento há mais de vinte dias, sozinho em Lisboa, longe da família. Ainda que tenha acesso ao número infinito de conteúdos que têm surgido nas últimas semanas, por parte de marcas, músicos, e por aí, desafiei a Carolina depois de ver uma iniciativa que tinha visto da Casa Fernando Pessoa, Leituras ao Ouvido, um projeto que inspirou este projeto. Em conversa, embora sejam milhares os conteúdos, acreditamos que não cheguem a quem está verdadeiramente isolado e sem acesso à tecnologia, por isso lembrámo-nos que o telefone poderia ser um verdadeiro meio para fazer acabar com a saudade, mas com uma pequena surpresa – envolvendo a música, daí o conceito de serenatas cantadas por artistas através do telefone, para fazer chegar mensagens especiais que sirvam de abraço. O Francisco, entra depois, com toda a cara gráfica dada ao projeto, de forma a tornarmos mais profissional a nossa comunicação, e apelativa”.

Não tiveram qualquer apoio institucional para levarem a cabo a ideia, mas  Rúben Pardal confessou que não havia tempo a perder. “Gostamos de fazer acontecer, pelo que em três dias avançámos com o contacto aos artistas, aos meios de comunicação social, a influenciadores, avançámos com a produção, etc. Não quisemos perder tempo pois a saudade já aperta, e sabemos que este projeto seria especial para muitas pessoas que se encontram em situações de isolamento. Muitas foram as mensagens que disparámos e que continuamos a disparar para fazer chegar o projeto a bom porto - muitos vistos, sem resposta, mas o projeto está em pé, pronto para espalhar abraços. E que estes sirvam para matar a saudade. Acho que é assim que podemos ajudar”.

As Chamadas de Embalar estão previstas apenas para o mês de abril e Rúben espera que assim se mantenha, porque “embora as serenatas sejam sempre bonitas, os abraços reais são muito mais”. A equipa do projeto deseja que, mantendo-se esta ideia em cena, que seja com outro propósito, e não porque a covid-19 tenha ganhado outros contornos. No entanto, a adesão e o encorajamento para que as serenatas ao ouvido aconteçam têm sido comoventes. “A reação tem sido emocionante e tem-nos deixado num estado de reflexão enorme. Temos recebido mensagens muito bonitas e que nos dão força para ir além e levar o maior número de serenatas ao maior número de pessoas.”

Em suma, se há alguém longe de ti e que gostavas de surpreender com uma serenata ao ouvido, entre as 12h00 e as 16h00 liga ou escreve para o +351 913 841 430, define o melhor horário para ligar entre as 20h00 e as 22h00 e os artistas encarregar-se-ão de fazer chegar a tua mensagem com uma música. Se quiseres contribuir financeiramente, poderás fazê-lo através do gofundme. Sabe mais informações no instagram do Chamadas de Embalar.

Texto de Rita Dias
Design de Francisco Lacerda

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.

Se este artigo te interessou vale a pena espreitares estes também

21 Maio 2024

Mulheres na política: movimento cívico quer subir o limiar da paridade para 50%

15 Maio 2024

No IndieLisboa 2024 o “olhar atento e urgente sobre o mundo” ecoa em todos os filmes

14 Maio 2024

António Sampaio da Nóvoa: “a melhor política educativa é a valorização daquilo que já se faz”

7 Maio 2024

Festival Mental está de volta a Lisboa para a sua 8.ª edição

30 Abril 2024

Flávio Almada: “Devemos recusar a geografia do medo”

16 Abril 2024

‘Psiquiatria Lenta’: Crónicas de João G. Pereira no Gerador editadas em livro

9 Abril 2024

Fernando Dacosta: “Baixou-se o nível das coisas que fomenta a infantilização das pessoas”

3 Abril 2024

Festival Bons Sons convida o público a viver a aldeia em toda a sua diversidade

2 Abril 2024

Mariana Vieira da Silva: Marcelo “será visto como alguém que contribuiu para a instabilidade”

26 Março 2024

Diana Andringa: “o jornalismo está a colaborar na criação de sociedades antidemocráticas”

Academia: cursos originais com especialistas de referência

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Práticas de Escrita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Produção de Eventos Culturais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

O Parlamento Europeu: funções, composição e desafios [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação ao vídeo – filma, corta e edita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Narrativas animadas – iniciação à animação de personagens [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Comunicação Cultural [online e presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Soluções Criativas para Gestão de Organizações e Projetos [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Pensamento Crítico [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Introdução à Produção Musical para Audiovisuais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Jornalismo e Crítica Musical [online ou presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Fundos Europeus para as Artes e Cultura I – da Ideia ao Projeto

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação à Língua Gestual Portuguesa [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Viver, trabalhar e investir no interior [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Comunicação Digital: da estratégia à execução [online]

Duração: 15h

Formato: Online

Investigações: conhece as nossas principais reportagens, feitas de jornalismo lento

22 ABRIL 2024

A Madrinha: a correspondente que “marchou” na retaguarda da guerra

Ao longo de 15 anos, a troca de cartas integrava uma estratégia muito clara: legitimar a guerra. Mais conhecidas por madrinhas, alimentaram um programa oficioso, que partiu de um conceito apropriado pelo Estado Novo: mulheres a integrar o esforço nacional ao se corresponderem com militares na frente de combate.

1 ABRIL 2024

Abuso de poder no ensino superior em Portugal

As práticas de assédio moral e sexual são uma realidade conhecida dos estudantes, investigadores, docentes e quadros técnicos do ensino superior. Nos próximos meses lançamos a investigação Abuso de Poder no Ensino Superior, um trabalho jornalístico onde procuramos compreender as múltiplas dimensões de um problema estrutural.

A tua lista de compras0
O teu carrinho está vazio.
0