Dia 26 de novembro, terça-feira à tarde, regressa a programação do ciclo de Questões de Género, na Biblioteca Palácio Galveias, em Lisboa.

​Após o sucesso de um colóquio sobre as representações da diversidade sexual e de género na arte, literatura e media ibéricos e ibero-americanos, o Centro de Humanidades da Universidade Nova de Lisboa decidiu organizar um programa aberto a todos os interessados pelo tema. Esta é a penúltima sessão de um ciclo que termina no próximo mês de dezembro.

A ideia de masculinidade é o mote da primeira conversa, às 14h30, moderada por Maria Barreto Dávila (Universidade Nova de Lisboa). Para o debate de ideias, contamos com Ana Maria Rodrigues (Universidade de Lisboa), Hélder Carvalhal (Universidade de Évora) e Isabel Guimarães Sá (Universidade do Minho).

Uma hora depois, às 15h30, segue-se uma nova reflexão sobre as experiências de articulação da maternidade com outras esferas da vida. Afinal, que dilemas se colocam às mulheres, profissionalmente e socialmente, depois de serem mães?  Liliana Azevedo modera a sessão com Ana Gomes (autora do blog A Melhor Amiga da Barbie), Rita Custódio (tradutora), Dulce Morgado Neves (socióloga) e Joana Salay Leme (ativista de Em Luta).

A última sessão coloca a tónica nos desafios que as mulheres afro-descendentes enfrentam na sua relação com a produção cultural. Desde a desconstrução de práticas socialmente adquiridas até à saúde mental da mulher africana e afro-descendente, sem deixar de passar pelos temas ligados ao feminismo, como a intersecionalidade e a sororidade. Será um momento de questionamento e de envolvimento das mulheres produtoras de cultura, as quais vão refletir juntas, e com o público, sobre os obstáculos, os possíveis caminhos e as perspetivas do futuro.

Neste caso é Cristina Roldão quem assume a moderação da conversa com Neusa Sousa (repórter da RTP África, fundadora do Chá de Beleza Afro, do Pitéu da Xinda e do blog Minha doce África) e Alexandra Santos (fundadora do Queering Style, diretora do departamento de género e feminismos do Inmune).

No dia 18 de dezembro está agendado o último debate deste ciclo que se iniciou em setembro. A programação do evento é uma iniciativa desenvolvida pelo Centro de Humanidades da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e conta com a colaboração do Centro de História de Arte e Investigação Artística da Universidade de Évora e da Biblioteca Palácio Galveias.

Texto de Mafalda Lalanda

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.