fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

Ciclo Terra dá início a nova edição com música de Mário Lúcio

Mário Lúcio / Cantor Escritor – Cabo -Verde

Março é o mês de regresso de mais um ciclo Terra, em Guimarães. Até ao mês de outubro o evento promovido pela associação cultural Capivara Azul vai trazer mais cinema e música à cidade onde nasceu Portugal.

O programa completo desta que é a quarta edição do festival ainda não foi revelado, mas já há alguns nomes anunciados. O primeiro, com espetáculo marcado para dia 4 de março às 21h30, é Mario Lúcio, cantor, compositor, romancista, poeta e dramaturgo cabo-verdiano que traz consigo a apresentação do novo trabalho gravado com a banda Os Kriols. O artista que, foi ministro da Cultura do seu país entre 2011 e 2016, é um nome sonante da música de Cabo Verde, tendo no reportório “centenas de canções nos principais estilos de música do país, como a Morna, o Funaná, o Batuque e a Coladeira”, segundo nota enviada às redações.

Seguindo a linha das últimas edições, o ciclo Terra “manterá o diálogo entre o cinema e a música no programa artístico, permitindo aprofundar as reflexões que se pretendem suscitar através do cruzamento das duas disciplinas artísticas”. Assim, no primeiro fim de semana, é também exibida a longa-metragem “Som&Morabeza", da realizadora Cristéle Alves Meira, que faz uma viagem pela música de Cabo Verde.


O evento desenvolve-se, este ano, em torno do conceito de “ficções”, eixo central da programação do Centro Internacional das Artes José de Guimarães, que mais uma vez se articula com o ciclo Terra. Neste âmbito, a reflexão vai desenvolver-se concretamente em torno do tema da reflexão colonial, de forma a reforçar “o trabalho de contextualização dos temas coloniais, questionando a relação entre as músicas tradicionais não europeias, a presença colonial europeia nesses países e a lógica ocidentalizada da indústria musical”, segundo a mesma nota.

Esta reflexão vai ter continuidade a 21 de maio, data do segundo concerto deste ano, que traz a Guimarães outro nome mítico da música feita em língua Portuguesa: Mateus Aleluia, um dos fundadores da banda de culto baiana Os Tincoãs, activos nos anos 1960 e 1970.

O ciclo Terra vai prolongar-se até Outubro e estará associado também à celebração dos dez anos da inauguração do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), em Junho.

Os bilhetes para o concerto de Mario Lúcio já se encontram à venda - com preços entre os 5 e os e 10 euros - e dão acesso às exposições do CIAJG no dia do espetáculo, bem como à sessão de cinema desse mesmo fim-de-semana.

O ciclo Terra é uma organização da Capivara Azul – Associação Cultural, com o apoio do Município de Guimarães e da Direcção-Regional de Cultura do Norte, com co-produção da cooperativa A Oficina, entidade gestora do Centro Internacional das Artes José de Guimarães. 

Fotografia cedida pela Capivara Azul

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.

NO GERADOR ABORDAMOS TEMAS COMO CULTURA, JUVENTUDE, INTERIOR E MUITOS OUTROS. DESCOBRE MAIS EM BAIXO.

Já pensaste em tornar-te sócio gerador?

Ser Sócio Gerador é ter acesso à assinatura anual da Revista Gerador (4 revistas por ano), a descontos nas formações da Academia Gerador, passatempos exclusivos, experiências e vantagens na cultura.

A tua lista de compras
O teu carrinho está vazio.
0