O Cinema Trindade celebra 3 anos de sessões diárias na Baixa do Porto, com uma programação em festa repleta de antestreias e não só.

Para assinalar o 3.º aniversário há um festival de 12 estreias que começou no passado dia 5 e que só termina a 16 de fevereiro. Em declarações à Agência Lusa, o responsável pelo cinema, António Santos, afirma que este é “um momento único, uma oportunidade para dar mais consistência, mais visibilidade aos filmes e uma forma de o nosso público ter acesso a filmes que estão além das estreias tradicionais".  A programação é repartida em quatro eixos: Antestreias, Portugal Cinema, Realizador em Foco (Karim Aïnouz) e Doc’s Cinema.

No total são 12 dias compostos por 28 filmes. As próximas antestreias são Arto Lindsay 4D, de André Lavaquial (quarta-feira, dia 12) e O Lago dos Gansos Selvagens, de Yi'nan Diao (quinta-feira, dia 13). No dia 14 de fevereiro é projetado o Retrato de uma rapariga em chamas, de Céline Sciamma, seguindo-se Vidas Duplas, de Oliver Assayas, no sábado, e a fechar com J.T. LeROY, de Justin Kelly, no domingo.

Há ainda sessões que contam com a presença dos realizadores da secção Portugal Cinema. É o caso de Patrick, de Gonçalo Waddington, de Yama no Anata / Para Além das Montanhas, de Aya Koretzky, e de Mosquito, de João Nuno Pinto. A programação completa e os horários podem ser conhecidos ao pormenor aqui. Os bilhetes variam entre os 4,50€ (tripass) e os 6€ (normal).

Desde 2017, acolhido num contexto íntimo e familiar, o Cinema Trindade tem renovado os hábitos de mais uma zona da cidade. O que parecia ser um desafio de implementação cultural, já conquistou mais de 60 mil espetadores em 2020.

Texto de Mafalda Lalanda | Agência Lusa
Imagem via Cinema Trindade

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.