Findo um ano 2021 com diversos projetos e criações em nome próprio, o coletivo sintrense teatromosca anunciou, através de comunicado, que vai continuar a apostar na programação regular do AMAS - Auditório Municipal António Silva, no Cacém. Janeiro irá, por isso, contar com a apresentação de um espetáculo de teatro e um concerto “que será uma autêntica viagem musical”, lê-se em nota de imprensa enviada ao Gerador.

De 20 a 22 de janeiro está previsto o espetáculo “O Gabinete de Vidros Duplos", levado a cena pela Capítulo Reversível e a Corvus Produções. O texto desta peça remete “para o universo absurdo e exagerado de uma realidade ainda escondida. As duas personagens, Chefe e Trabalhador, desafiam-se num ringue a jogar um jogo perigoso de poder de onde ninguém sai a ganhar. A questão que se coloca: até onde é que estamos dispostos à humilhação para não perder o emprego?”, conforme descrito na sinopse. O espetáculo está marcado para as 21h e será também transmitido em simultâneo no Ticketline Live Stage, no dia 22 de janeiro.

Já no dia 29 de janeiro à mesma hora, o destaque vai para o concerto “Entre-Lugar”. Nesta “viagem musical em trio”, o músico Manuel de Oliveira apresenta-se acompanhado por João Frade no acordeão e Sandra Martins no violoncelo. “Para a criação deste espetáculo, Manuel de Oliveira partiu da sua reconhecida identidade ibérica, acrescentando-lhe  cores  e  sabores  e  outras  paragens,  cruzando  o  étnico  com  o urbano,  a  música  africana  com  o  fado,  o  flamengo  com  o  tango,  numa  vasta  simbiose multicultural”, lê-se na mesma nota.

Trata-se de um “concerto imperdível, no início de um ano que se espera repleto de propostas artísticas ímpares num dos mais relevantes espaços culturais do concelho de Sintra”, destacam os promotores.

Os bilhetes já se encontram à venda nos locais habituais. O preços oscilam entre os 5 e os 7 euros.


Fotografia do espetáculo "O Gabinete de Vidros Duplos" via página oficial teatromosca
Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.