A Companhia Nacional de Bailado criou um conjunto de playlists de música na plataforma Spotify sob o mote “a música inspira-nos, influencia-nos, põe-nos em movimento, faz-nos dançar". A proximidade e o envolvimento com o público, que se tornou um desafio maior com o encerramento dos espetáculos presenciais, é o objetivo principal deste projeto.

As playlists, disponíveis no perfil da Companhia Nacional de Bailado no Spotify desde o início do mês de março, agrupam uma seleção de músicas que acompanham o dia-a-dia dos seus bailarinos. Este repertório, criado pelos bailarinos e equipa da CNB, conta já com quatro playlists: "Alongamentos", com curadoria da bailarina Isadora Valero, "Aula de Ballet", criada para a aula de dança clássica da companhia, pelo professor e ensaiador Tom Colin, "Clássicos No Repertório da CNB", e "Ouvidas: músicas que inspiram as mulheres da equipa CNB", criada para assinalar o Dia Internacional da Mulher.

"Se a Companhia Nacional de Bailado fosse um som, qual seria?" é a questão que se coloca. A resposta será partilhada todos os meses, com uma nova playlist.

Texto de Ana Mendes
Fotografia disponível na página de facebook Companhia Nacional de Bailado

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.