No dia 5 de Setembro de 2019, abriu o concurso "Connecting Dots - Mobilidade Artística e Desenvolvimento de Públicos", cujas candidaturas terminarão a 28 de outubro de 2020 (até às 17h00 - hora de Lisboa). Insere-se no Programa Cultura, gerido pela Direção-Geral do Património Cultural (Operador de Programa), em parceria com a Direção-Geral das Artes (Parceiro de Programa) e "visa financiar projetos de programação artística multidisciplinar com o objetivo de reforçar a oferta artística, o acesso e a participação nas artes nos territórios de baixa densidade de Portugal Continental e nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira", lê-se no comunicado.

A alocação total disponível é de 3.273.000 €, no âmbito do Programa Cultura, financiado pelo Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu - EEA Grants 2014-2021 . Destina-se a projetos que combinem duas áreas de expressão artística, entre arquitetura, artes plásticas, artes de rua, circo contemporâneo, cruzamentos disciplinares, dança, design, fotografia, novos media, música e teatro, apresentando actividades que incluam a "criação de novas produções/obras artísticas, a programação de produções/obras preexistentes e ações específicas de desenvolvimento de públicos, envolvendo as comunidades locais e proporcionando a participação ativa na criação e fruição das artes", continua. Estes serão desenvolvidos entre 18 e 24 meses.

São exigidas parcerias "entre uma ou mais entidades artísticas de Portugal, uma das quais na qualidade de promotor do projeto, uma ou mais entidades artísticas dos Países Doadores (Islândia, Liechtenstein e Noruega) e um ou mais municípios de Portugal. Facultativamente, estas parcerias, para além dos parceiros obrigatórios, podem incluir parceiros não obrigatórios."

Encontra informação ais detalhada aqui.

Texto de Raquel Botelho Rodrigues

Fotografia de Glenn Peters, via Unsplash