O contrabaixista e compositor lisboeta André Carvalho, residente em Nova Iorque desde 2014, apresenta o seu terceiro álbum, The Garden of Earthly Delights, com lançamento agendado para o próximo dia 17 de maio.

O novo registo discográfico conta com a participação de músicos internacionais como os saxofonistas Jeremy Powell e Eitan Gofman, o trompetista Oskar Stenmark, o guitarrista André Matos e o baterista Rodrigo Recabarren.

André Carvalho venceu, em 2012, o prémio “Carlos Paredes”, prémio que reconhece projectos musicais de excelência, assim como o prémio de “Melhor Grupo” no Bucharest International Jazz Competition.

Em The Garden of Earthly Delights, o contrabaixista e compositor apresenta um universo sonoro, inspirado na enigmática obra de Hieronymus Bosch, nomeadamente um dos seus mais famosos quadros – The Garden of Earthly Delights – exposto no Museu do Prado, em Madrid. Neste registo, André Carvalho apresente uma suite musical em vários andamentos que serve de convite para uma viagem. “Com momentos de tensão e de calma, entre a suavidade e a brutalidade, simplicidade e complexidade, harmonia e conflito, a música flui entre paisagens inspiradas no célebre tríptico”, explica o músico em comunicado.

O novo álbum do músico foi gravado em abril de 2018 no The Bunker Studio em Brooklyn, Nova Iorque e foi misturado pelo pianista, engenheiro e produtor Pete Rende, e masterizado pelo multi-instrumentista Nate Wood.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografias de Clara Pereira

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.