A quarta edição do MIMO Festival em Amarante, regressa à cidade durante os dias 26, 27 e 28 de Julho com concertos exclusivos de Criolo e Salif Keita.

A organização do Festival, traz este ano dois artistas notórios dos dois lados do mundo. O rapper Criolo é um dos cabeças de cartaz mais pedidos através das plataformas digitais. O músico brasileiro sobe ao palco com a digressão “Boca de Lobo”, através da qual o artista pretende partilhar uma reflexão sobre o momento atual do Brasil e onde procura transformar qualquer rancor, ódio, em energias que ajudem a mover o país no bom caminho. Num concerto que mistura as músicas mais recentes às mais antigas, Criolo celebrará em palco os seus grandes êxitos e 30 anos de carreira. 

Após anunciar o último disco da sua carreira, Salif Keita junta-se a Criolo para ocupar mais um lugar no cartaz do Festival de Amarante. Um dos mais prestigiados artistas africanos, despede-se com Un Autre Blanc, que para além de fazer parte do seu último concerto por terras lusitanas, dedica o álbum à luta pelos direitos humanos dos albinos no continente africano. Após 50 anos de carreira, e uma vida atribulada, Salif Keita diz adeus aos palcos e o MIMO será um deles. 

O Festival conta igualmente com um festival de cinema, um programa educativo através de workshops e masterclasses ministradas pelos músicos convidados, assim como um Chuva de Poesia. 

Criado em 2004 no Brasil, o MIMO Festival inaugura-se em Amarante em 2016 e recebeu em 2017 e 2018 o prémio de Melhor Infrastrutura Nacional nos Iberian Festival Awards. Nos seus ideais conta-se o respeito pelas culturas e pelo património histórico. O Festival faz-se para a cidade na cidade ao longo de três dias em seis espaços históricos da cidade de Amarante. 

Texto de Rita Matias dos Santos
Fotografia de ©MIMO Festival Amarante

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.