A Culturgest lançou uma revista sonora para ouvir música, vozes e histórias, a partir da programação do espaço até ao final do ano. Intitula-se O Projeto Invisível e pode ser ouvida em diversas plataformas.

Para já, O Projeto Invisível pode ser ouvido no Soundcloud e no Spotify, mas, em breve, vai estar disponível também no iTunes (atual Apple Podcasts) e Google Podcasts, anunciou ontem a Culturgest, em comunicado, esclarecendo que se trata efetivamente de uma revista, de periodicidade semestral, em setembro e janeiro, e não de um podcast.

“Não tem episódios regulares, não tem um formato completamente estático. É um conjunto de conteúdos, reportagens, entrevistas, que pode ser ouvida de uma só vez, ao longo de cerca de 90 minutos, ou que pode ser ouvida tal como consultamos, por vezes, uma revista: passo a passo, conteúdo a conteúdo, ao longo do tempo”, é dito.

O primeiro número da revista começa com a voz de Rui Reininho a falar da experiência do concerto ao vivo do projeto a solo 20.000 Léguas Submarinas.

Nesta edição, pode ouvir-se também uma reportagem sobre sem-abrigo, a propósito da peça Love, espetáculo em estreia do encenador britânico Alexander Zeldin, uma playlist pela rapper e escritora Telma Tvon, uma leitura sobre O fantasma da ópera, que a companhia Primeiros Sintomas está a ensaiar, e uma entrevista aos jovens que fizeram parte do Coletivo de Curadores.

Em cada número, uma voz diferente fará “o acolhimento e a paisagem sonora”, sendo a guia desta primeira edição a artista madeirense Mariana Camacho.

Texto de Lusa

Se queres ler mais notícias sobre a cultura, clica aqui.