Este programa de filminhos, para crianças a partir do 1º ciclo (6 anos), ficará disponível no dia 8 de Janeiro, no videoclube zero em comportamento. Apesar do título do programa “De que temos medo, quando temos medo” a direção assegura que estes filmes não provocam medo.

É normal termos medo. Faz parte da nossa natureza e é um mecanismo de autodefesa fundamental. Mas precisamos de aprender a lidar com ele para que não nos bloqueie.

O foco destes filminhos é a superação de emoções contraditórias. Para além do medo, vamos também encontrar a felicidade, o amor, a tristeza e a alegria.

Porque, raramente, a interacção com os outros é feita de apenas uma única emoção. Saber reconhecer essas emoções e saber de que forma elas nos impactam é necessário para sabermos como nos comportarmos e agir em sociedade.

Entre os filminhos incluídos neste programa, está o incómodo MIA, no qual esta menina de 7 anos quer ajudar a sua mãe a libertar-se do excesso de trabalho numa cidade super povoada. Durante a sua missão, ela descobre os segredos escondidos que fazem o mundo girar.

O programa está disponível por 3€, durante 72 horas, aqui.

A associação nasceu em dezembro de 2000 e, desde logo afirmou-se como uma alternativa à exibição comercial de cinema em Lisboa, apostando na reposição de filmes e, principalmente, na apresentação de títulos inéditos em Portugal. 

Texto de Isabel Marques
Imagem da cortesia da organização