Abriram hoje candidaturas a seis concursos de apoio sustentado às artes, nas modalidades bienal (2023-2024) e quadrienal (2023-2026), com um montante global de 81,3 milhões de euros, anunciou a Direção-Geral das Artes (DGArtes).

Os seis concursos em questão incluem os domínios de criação, programação, circulação nacional, internacionalização, ações estratégicas de mediação, edição, investigação e formação.

De acordo com comunicado da DGArtes, os concursos contemplam as áreas da arquitetura, artes plásticas, design, fotografia, e novos media, no âmbito das artes visuais; as áreas do circo, dança, música, ópera e teatro, no âmbito das artes performativas; e as áreas das artes de rua e do cruzamento disciplinar. As candidaturas estão abertas até 29 de junho.

A DGArtes salientou que “este novo ciclo de apoio sustentado reflete e está alinhado estrategicamente com as alterações introduzidas na revisão do modelo de apoio às artes e com as disposições do Estatuto dos Profissionais da Área da Cultura, estando ainda articulado com a criação da Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses”.

Com Lusa
Fotografia de Jonathan Borbe via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.