Desde as 21h00 do dia 16 de Junho, E todas as crianças são loucas, uma produção d’ As Crianças Loucas, com texto de João Cachola, inspirado em Coração das trevas, de Joseph Conrad e Apocalypse Now, de Francis Ford Coppola, está disponível na Sala Online do Teatro Nacional D. Maria II.

Trata-se do primeiro espectáculo da companhia de teatro As Crianças Loucas, fundada em 2017, e composta por cinco actores e dois músicos. Bruno Ambrósio, João Cachola, Rodrigo Tomás, Sílvio Vieira e Vicente Wallenstein, e Fernão Biu e João Sala, respectivamente. Esta peça foi um dos projectos apoiados pela 4ª edição do Ciclo Recém-nascidos, através do qual o Teatro Nacional D. Maria II promove a criação de jovens artistas.

Nela encontramos a tragédia de Édipo. “O Coronel foi um dos mais notáveis oficiais que o país alguma vez produziu. Uma mente brilhante em todos os aspetos, um homem humanitário e de bom humor. Porém, as suas ideias e métodos tornaram-se doentios. A empresa escolheu o Capitão e deixou claro: é urgente eliminar o Coronel”, o pai do primeiro.

O Capitão encontra-se à frente de um barco com cinco pessoas, subindo um rio. “A subida do rio torna-se um símbolo daquilo que é a nossa vida e do caminho que estamos a traçar”, explica João Cachola ao Público. “E a ideia de fecharmos a porta da casa dos pais e de continuarmos na nossa jornada rumo ao futuro incerto era algo que se ligava também ao rio e à viagem que estão presentes tanto no filme quanto no livro”, continua. Estamos, então, mergulhados na epopeia da infância, rumo à idade adulta.

Texto de Raquel Botelho Rodrigues

Fotografia de Filipe Ferreira