Entre julho e outubro, o projeto "Eixo Cultural A25 – Rede de Criação e Programação” vai levar até aos municípios de Aveiro, Guarda e Viseu, concertos, residências artísticas e instalações de luz. O investimento ronda os 300 mil euros e pretende fortalecer a ligação entre estes três municípios.

O destaque do projeto recai sob dois concertos, um deles com António Zambujo e a Orquestra Filarmonia das Beiras, e o outro com Cuca Roseta e a Orquestra Filarmónica Portuguesa, que irão passar pelos três municípios, num total de seis espetáculos.

A programação inclui ainda três residências artísticas, de 8 a 16 de setembro, com duas bandas/artistas de cada concelho, que culminarão com uma apresentação pública em cada um dos municípios. Cada grupo criará um máximo de nove temas originais, dando lugar a um novo projeto musical com assinatura de duas cidades diferentes.

Numa etapa final, a 24 e 25 de setembro, os centros históricos das três cidades irão iluminar-se, no âmbito de três intervenções artísticas originais de grande escala, utilizando a luz como recurso central, em registo de site specific. O objetivo é valorizar lugares de relevância patrimonial no contexto dos municípios promotores.

A iniciativa Eixo Cultural A25 – Rede de Criação e Programação é apoiada a 85% por fundos europeus, contempla 12 ações e envolve cerca de 130 artistas e técnicos.

Realce-se que todas as atividades são entrada gratuita.

Este projeto, liderado pelo município de Aveiro em conjunto com os municípios da Guarda e Viseu e a Entidade Regional do Turismo do Centro de Portugal, é uma parceria estratégica, estruturada como uma operação de programação cultural em rede.

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Unsplash