O regresso aos palcos tem um sabor especial para emmy Curl, que em 2020 viu adiada a apresentação do seu álbum "Øporto". Neste ano, a cantora e compositora Catarina Miranda, mais conhecida por emmy Curl, prepara-se para oito concertos em Portugal, em cinemas, jardins e auditórios nacionais, para celebrar a reabertura das salas de espetáculo e apresentar as suas mais recentes composições.

De Trás-os-Montes chega-nos a sonoridade de emmy Curl, delicada e inquieta, com influências da região que a viu nascer, mas também da experiência que absorveu em Copenhaga. A sua relação com as artes visuais acaba por revitalizar o lugar da arte no seu universo, transportando-a para as músicas e letras que traz agora a Portugal.

Os concertos por território nacional já têm data marcada, com estreia no passado dia 15 de maio, no Jardim do Museu do Douro, Peso da Régua. Segue-se o Cineteatro de Estarreja, no dia 20 de maio e n'O Cinema de Oliveira de Azeméis, no dia 22. A cantora encerra os concertos do mês de maio no Centro Cultural da Malaposta, em Odivelas.

No mês de junho, dia 9, emmy Curl sobe ao palco do Salão Brazil em Coimbra, dia 11 no Centro de Artes e Espetáculos de Sever do Vouga e dia 20 no adro da Igreja de Matosinhos, numa atuação intimista ao ar livre. No dia 17 de julho fecha os oito concertos por todo o país nos Jardins do Museu dos Biscainhos.

Texto de Ana Mendes
Fotografia da cortesia de Chave do Som

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.