Os espaços culturais do concelho de Leiria sob a alçada do município vão abrir no dia 25, permanecendo diversos deles com entrada livre até 30 de setembro para compensar as dificuldades financeiras da população, anunciou hoje a Câmara.

Encerrados na sequência da pandemia da covid-19, Agromuseu Municipal Dona Julinha, Banco das Artes Galeria, mimo – Museu da Imagem em Movimento, Museu de Leiria, Moinho do Papel, Teatro José Lúcio da Silva e Teatro Miguel Franco vão voltar à atividade com várias ações de prevenção.

Em nota divulgada a 13 de maio, o município avança que em todos será obrigatório o uso de máscara e será disponibilizado desinfetante, ao mesmo tempo que haverá um “reforço da higienização dos espaços, instalação de separadores físicos e de sinalização, controlo do fluxo de visitantes, redução da lotação das salas de espetáculos, criação de circuitos promotores do distanciamento social e de alternativas interativas”.

Citada pelo serviço de comunicação da Câmara de Leiria, a vereadora da Cultura explica que as medidas servem para “garantir a segurança e a confiança junto dos funcionários e dos públicos”.

Anabela Graça acrescenta que “a débil situação financeira da população”, resultado dos efeitos da pandemia, “nunca poderá ser entrave à fruição cultural”.

Por isso, o executivo da Câmara de Leiria aprovou que até 30 de setembro a entrada será gratuita para todos os visitantes no Agromuseu Municipal, mimo, Moinho do Papel e Museu de Leiria.

A par da abertura física de portas, a Câmara de Leiria vai manter várias iniciativas ‘online’ lançadas durante o estado de emergência, como a transmissão de filmes, visitas guiadas e ainda a coprodução do festival “Cultura com C de Casa”.

Entretanto, o Agromuseu Municipal Dona Julinha, na freguesia da Ortigosa, concelho de Leiria, lança na quinta-feira “Cultura popular: memórias”, um programa de divulgação da cultura popular e de memórias rurais e etnográficas, através de contributos de ranchos folclóricos, grupos corais e filarmónicas.

A rubrica terá regularidade semanal, sendo divulgada no Facebook do Agromuseu às quintas-feiras, a partir das 16:00. No arranque, está em destaque o Coro do Orfeão de Leiria. 

Texto de Lusa
Fotografia de JMFH4778 disponível via Wikipédia
Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.