Em menos de uma semana arranca a 10.ª edição do Bons Sons, num ano em que o festival celebra 13 anos de existência. De 8 a 11 de agosto, a aldeia de Cem Soldos, no concelho de Tomar, irá acolher cerca de 35 mil festivaleiros, para quatro dias dedicados à música portuguesa.

Será um ano especial marcado pelas efemérides e em que organização do Bons Sons decidiu trazer aos seus palcos bandas e artistas que por ali já passaram, no sentido de se provocarem encontros simbólicos e inusitados.

Assim estão programadas as atuações de Diabo na Cruz, no primeiro dia de festival, bom como de Joana Espadinha com Benjamim. No segundo dia, destaque para o concerto que junta  dos Lodo com Peixe e dos First Breath After Coma com Noiserv. No sábado, é a vez dos Glockenwise se juntarem a  JP Simões. No último dia de Bons Sons, destaque para a atuação que junta as Sopa de Pedra com Joana Gama e dos Sensible Soccers com Tiago Sami Pereira.

Na sua 10ª edição, o festival conta com 10 palcos, onde nomes como Tiago Bettencourt, Júlio Pereira, Luísa Sobral, Hélder Moutinho, Budda Power Blues & Maria João, Dino D’Santiago, Pop Dell’Arte, X-Wife, Três Tristes Tigres, Stereossauro, DJ Ride, Fogo Fogo, Scúru Fitchádu, e Paraguaii irão marcar presença.

O passe de 4 dias para o Bons Sons está à venda nos locais habituais por 50€, dependendo sempre do stock existente, uma vez que a lotação desta ano se encontra limitada a 35 mil espetadores.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de Pedro Sadio

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.