fbpx
Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

Este verão podes ir dormir à Casa da Música

O verão chega finalmente à Casa da Música, no Porto, já no próximo dia 1…

Texto de Margarida Marques

Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

O verão chega finalmente à Casa da Música, no Porto, já no próximo dia 1 de Junho, mesmo a tempo de celebrar o Dia Mundial da Criança. E prometem não dar descanso até dia 8 de Setembro com os mais de 150 eventos que estão programados.

Ontem, 30 de Maio, na apresentação à imprensa do programa deste ano, António Jorge Pacheco, director artístico da Casa da Música explicou que, à semelhança do ano passado, esperam mais de 120 000 espectadores.

Numa programação cheia de coisas boas, o Gerador destaca alguns momentos que juntam grandes nomes da música portuguesa como Manuel Cruz com a Orquestra de Jazz de Matosinhos, no dia 9 de Junho na Sala Suggia da Casa da Música, Sérgio Godinho também com a Orquestra de Jazz de Matosinhos no dia 27 de Julho, desta vez a céu aberto na Praça Guilhermina Suggia em Matosinhos. No dia seguinte, 28 de Julho, Matosinhos volta a receber, na mesma praça, um momento inédito com Pedro Abrunhosa e a Orquestra Sinfónica Casa da Música, onde o músico promete revisitar alguns dos seus hinos mas também apresentar duas novas canções que farão parte do seu novo álbum.

A programação conta ainda diariamente com concertos que ocupam tanto a Sala 2 como a esplanada, onde os portugueses Ganso apresentam no dia 16 de Junho nove canções apetitosas, em jeito de revelação do seu novo álbum. Também Alexander Search, um projecto do pianista Júlio Resende que junta a voz de Salvador Sobral às canções da autoria de Resende, invadem a Sala Suggia no dia 14 de Julho.

A Orquestra Sinfónica e a Orquestra Barroca da Casa da Música viajam, ainda neste verão, até ao Arrábida Shopping em Gaia no dia 22 de Junho, à Maia no dia 14 de Julho, aos Aliados e a São Pedro do Sul nos dia 7 e 8 de Setembro. Nestes momentos são esperados, à semelhança de anos anteriores, milhares de pessoas.

Há ainda três casas particulares, no Porto, que abrem as portas para 3 concertos únicos, um em Junho e dois em Julho, ainda em datas a anunciar.

Destacamos, ainda, duas iniciativas originais na Casa da Música anunciadas pela Gilda Veloso, responsável de maketing da Casa da Música: um instameet com instagramers de renome nacionais no dia 30 de Junho e, pela primeira vez na história da Casa da Música, a possibilidade de 20 pessoas poderem dormir na Sala 2 na noite de sexta-feira 13 de Julho. Isto promete!

Descobre toda a programação da Casa da Música aqui.

Créditos - Foto por André Branco através de Unsplash

Publicidade

Se este artigo te interessou vale a pena espreitares estes também

16 Abril 2024

‘Psiquiatria Lenta’: Crónicas de João G. Pereira no Gerador editadas em livro

9 Abril 2024

Fernando Dacosta: “Baixou-se o nível das coisas que fomenta a infantilização das pessoas”

3 Abril 2024

Festival Bons Sons convida o público a viver a aldeia em toda a sua diversidade

2 Abril 2024

Mariana Vieira da Silva: Marcelo “será visto como alguém que contribuiu para a instabilidade”

26 Março 2024

Diana Andringa: “o jornalismo está a colaborar na criação de sociedades antidemocráticas”

19 Março 2024

Leonor Chicó: “no nosso quintal já se sentem os efeitos da crise climática” 

16 Março 2024

José Pacheco Pereira atribuiu nota 7 à probabilidade de uma guerra na Europa

12 Março 2024

A Open Food Facts quer empoderar os consumidores através da informação

5 Março 2024

Bolsa Amélia Rey Colaço abre candidaturas para 7ª edição

29 Fevereiro 2024

50 Abris: diferentes retratos da liberdade precisam de apoio para sair em livro

Academia: cursos originais com especialistas de referência

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Narrativas animadas – iniciação à animação de personagens [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Soluções Criativas para Gestão de Organizações e Projetos [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Pensamento Crítico [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Comunicação Digital: da estratégia à execução [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação à Língua Gestual Portuguesa [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Práticas de Escrita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Comunicação Cultural [online e presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Viver, trabalhar e investir no interior [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

O Parlamento Europeu: funções, composição e desafios [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação ao vídeo – filma, corta e edita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Produção de Eventos Culturais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Jornalismo e Crítica Musical [online ou presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Introdução à Produção Musical para Audiovisuais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Fundos Europeus para as Artes e Cultura I – da Ideia ao Projeto

Duração: 15h

Formato: Online

Investigações: conhece as nossas principais reportagens, feitas de jornalismo lento

22 ABRIL 2024

A Madrinha: a correspondente que “marchou” na retaguarda da guerra

Ao longo de 15 anos, a troca de cartas integrava uma estratégia muito clara: legitimar a guerra. Mais conhecidas por madrinhas, alimentaram um programa oficioso, que partiu de um conceito apropriado pelo Estado Novo: mulheres a integrar o esforço nacional ao se corresponderem com militares na frente de combate.

Saber mais

1 ABRIL 2024

Abuso de poder no ensino superior em Portugal

As práticas de assédio moral e sexual são uma realidade conhecida dos estudantes, investigadores, docentes e quadros técnicos do ensino superior. Nos próximos meses lançamos a investigação Abuso de Poder no Ensino Superior, um trabalho jornalístico onde procuramos compreender as múltiplas dimensões de um problema estrutural.

A tua lista de compras0
O teu carrinho está vazio.
0