O Estrela Geopark da Serra da Estrela, reconhecido em 2020 como Geopark Mundial pela UNESCO - Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, foi um dos dez vencedores da 4ª Edição do Programa Tradições, com o projeto “Memórias e Tradições do Estrela Geopark Mundial da UNESCO”.

Este projeto vencedor, criado pelo Estrela Geopark, tem como objetivo promover a preservação das memórias e tradições da Serra da Estrela, valorizando a sua identidade e contribuindo para a recuperação de práticas ancestrais que têm vindo a desaparecer ao longo dos anos. A divulgação deste projeto pretende levar à população local e aos visitantes da Serra da Estrela a autenticidade cultural da região.

Estrela Geopark, fotografia de Joel Santos

A diminuição progressiva do recurso às atividades tradicionais identitárias da Estrela, como as práticas pastoris, a transumância e o fabrico de produtos regionais, incentivaram a necessidade de preservação cultural, numa chamada ao presente de todas as "Memórias e Tradições" do passado.

Neste contexto, e no âmbito do projeto “Memórias e Tradições do Estrela Geopark Mundial da UNESCO”, a Associação Estrela Geopark com sede na Guarda, tenciona dinamizar diversas ações pedagógicas e de divulgação do património cultural, através da realização de workshops e sessões de partilha dos costumes e sabedoria popular, contribuindo igualmente para o encontro intergeracional.

O foco principal desta iniciativa assenta sobre três tradições do território da Serra da Estrela: a produção do cobertor de papa, um produto artesanal português de fabrico manual produzido com lã churra; a transumância, uma tradição ancestral de deslocação sazonal dos rebanhos, do interior de Portugal para a Serra da Estrela; e o burel, um tecido de lã de ovelhas bordaleiras.

Ovelha bordaleira na Serra da Estrela, fotografia de Filipe Patrocínio

Estas iniciativas contribuirão para preservar as tradições singulares pelas gerações futuras, promovendo sentimentos de pertença e de identificação com os costumes populares e identidade da região. Será posteriormente criada uma exposição itinerante, que levará até às escolas dos diferentes municípios e dos grupos jovens da população, as memórias e tradições reunidas no projeto. A Associação Geopark Estrela pretende também desenvolver uma plataforma Open Science digital, intitulada "Portal da Memória do Estrela Geopark", para recolha e partilha dessas memórias e tradições, contribuindo para a participação da população local na preservação online do património.

A Associação Geopark Estrela é composta por nove municípios dos distritos da Guarda, Castelo Branco e Coimbra (Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Oliveira do Hospital e Seia), pelo IPG e pela Universidade da Beira Interior (UBI).

Texto de Ana Mendes
Fotografia de Luís Novo

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.