A SCL Agency, através da sua marca editorial Lusitanian Music Publishing, promove este ano um novo projeto Europeu de co-criação em parceria com a NORD University na Noruega: o European Ghosts. Assente na memória musical das mais anciãs tradições musicais da Europa, visa fomentar a criação de novas obras musicais com cruzamentos estéticos inovadores levando a nova música Europeia, da Europa para o mundo.

Inspirado no trabalho do coletivo de cordofones Lusitanos, Lusitanian Ghosts, é um projeto que será desenvolvido em três fases.

Na primeira fase, a NORD University, em parceria com a Lusitanian e com uma equipa de curadoria artística, levará a cabo um mapeamento etnomusicológico de tradições e instrumentos Folk em vários territórios Europeus. Serão examinadas as tradições vocais do Norte da Europa do povo Sami, as tradições da Europa de leste do povo Lemko, e ainda as tradições mediterrâneas a partir das Ilhas Baleares. Os artistas Hans Stop (Trees Up North; Noruega), Joana Negrão (Seiva, A Cantadeira; Portugal), Misia Furtak (Polónia) e Neil Leyton (Lusitanian Ghosts, Portugal) compõem a equipa de curadoria artística do projeto.

Na segunda fase, será lançando um open call para que os artistas interessados possam participar num songwriting camp, a realizar em setembro no estúdio Clouds Hill, em Hamburgo, que terá estas tradições Folk como ponto de partida para a co-criação de nova obras musicais. Serão três grupos de trabalho de sete artistas cada, que durante três dias estarão presentes em estúdio, a gravar no Clouds Hill. Os detalhes do Open Call já estão publicados no site do projeto.

Já na terceira fase do projeto, a equipa da NORD University e SCL-Lusitanian irão promover as novas obras criadas no universo das utilizações internacionais através das sincronizações audiovisuais, dando a conhecer a music supervisors, sync agents e outros profissionais internacionais da música com estas novas criações de sonoridade Europeia. Este projeto-piloto visa validar esta abordagem de cruzamento internacional de estéticas e tradições com raízes na memória local destas várias regiões da Europa, criando novas sonoridades e obras verdadeiramente únicas no novo panorama musical Europeu.

Os resultados desta ação preparatória Music Moves Europe irão ainda informar a implementação do novo programa Europa Criativa no contexto da sua ação sectorial para a música.

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Pexels