De 13 a 15 de junho, a cidade de Setúbal servirá como plataforma para a promoção da diversidade musical ibero-americana, ao receber, pela primeira vez, a quinta edição da EXIB MÚSICA – Expo Ibero-americana de Música.

No total, na edição deste ano estão previstos 21 concertos em locais distintos da cidade. A Praça do Bocage, a Casa da Baía e o Coreto na avenida Luísa Todi, serão os palcos por onde irão passar cerca de 100 músicos para concertos de acesso gratuito.

Em entrevista ao Gerador, Adriana Pedret, diretora da EXIB Música, realçou que o evento tem como objetivo promover a difusão cultural Ibero-americana e promover o diálogo intercultural com a Europa. “Desde o primeiro momento que sentimos a necessidade de criar uma plataforma baseada na premissa de promover a música independente, de assumir o compromisso com os conteúdos, expor a diversidade musical ibero-americana e ter sempre em atenção os valores de identidade através da difusão do património cultural da região ibero-americana, bem como promover o diálogo com outros ambientes culturais e com as cidades que nos recebem”, conta.

Dessa forma, o EXIB Música deve ser visto como “um encontro para promover o intercâmbio, a colaboração, a valorização e o diálogo, tendo a música como ponto de partida”, sustenta.

O evento arranca com a Gala de Inauguração, que se realizará no dia 12 de junho, no Auditório do Fórum Luísa Todi com a participação do grupo Companhia do Canto Popular, um novo projeto transversal da música de raiz portuguesa.

Para além de se estrear na cidade de Setúbal, a edição de 2019 promove ainda a realização do I Encontro sobre Gestão Musical e a Cidade, no dia 13 de Junho às 11h, no Auditório do Fórum Luísa Todi, sendo esta primeira sessão aberta ao público. As restantes decorrerão, durante a tarde no Auditório da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, sendo estas de acesso restrito aos profissionais acreditados.

A V edição do EXIB Música homenageará Zeca Afonso e Mercedes Sosa com o Prémio EXIB Para A Música Ibero-americana e termina no dia 15 com a entrega do Prémio Artista do Ano e o Prémio Impulso.

“O Prémio EXIB para a Música Ibero-Americana é um reconhecimento inspirado nas premissas do EXIB Música. O seu lançamento é inspirado numa saudade, movida pelo desejo de prestar uma sentida homenagem a algumas personalidades que deram um precioso contributo para a música ibero-americana. Os nomes de  Zeca Afonso e Mercedes Sosa, foi algo que surgiu de uma forma muito natural, uma vez que são referências que estão no imaginário musical da música ibero-americana”, sublinha a responsável.

Esta será a terceira vez que a EXIB Música se realiza em Portugal, contando este ano com o apoio da Organização de Estados Ibero-americanos (OEI) e da Câmara Municipal de Setúbal.

Questionada sobre a importância do município de Setúbal para este evento, Adriana Pedret realçou o “intercâmbio com a equipa criativa e administrativa da cidade” como elemento “indispensável para poder oferecer uma edição com tantos desafios e estamos felizes de poder colaborar e mostrar ao mundo a beleza desta cidade, a sua identidade e as suas gentes, assim como todo o espaço geográfico que a alberga”.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de EXIB Música

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.