fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

Exposição “Be F**king Perfect” reflete sobre os riscos ligados à procura da perfeição humana

“Be F**king Perfect – The Pursuit of Excellence” foi inaugurada no dia 15 de setembro, na Galeria Óriq 2020, em Lisboa. A exposição apresenta fotografias de duas fotógrafas internacionais e expõe a violência existente na atual normatividade estética.

“The Bags”, da série Everything is Going to Be Awsome, de Evija Laivina

Através de uma linguagem artística e visual, a exposição “Be F**king Perfect” apresenta os resultados do projeto EXCEL – Em busca da Excelência, desenvolvido por um grupo multidisciplinar de investigadores do Instituto de Ciências Sociais e da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, coordenado por Chiara Pussetti. Para além de curadora da exposição, Chiara é também titular da cadeira “Corpo em Sociedade”, no Doutoramento de Antropologia da Universidade de Lisboa.

EXCEL é um projeto que se foca em sete áreas de pesquisa: heranças coloniais nas práticas cosméticas e cirurgias estéticas étnicas; melhoramento cognitivo entre a população jovem e estudantes universitários; envelhecimento ativo e práticas anti envelhecimento; modificação hormonal; turismo estético e mercados transnacionais; interpretações religiosas do aprimoramento humano e questões bioéticas; e DIY [faça você mesmo], biohacking e os futuros possíveis dos seres humanos. Tal como nos explicou a coordenadora, “todos os projetos académicos que coordeno como investigadora principal acabam com ações de disseminação científica, porque acho que os cientistas sociais têm a obrigação de devolver à sociedade o resultado das suas pesquisas e reflexões”.

A investigação procurou perceber de que forma as práticas de aperfeiçoamento reconfiguram o corpo e a subjetividade humana. Para tal, o grupo de investigadores entrevistou “pessoas dispostas a tudo para alcançar padrões utópicos de perfeição e sucesso”, como por exemplo moldar, transformar e cortar a carne; alisar, aclarar e queimar a pele; comprimir e absorver mecanicamente a gordura; ingerir e injetar fármacos, toxinas, hormonas, colagénio, ácidos e outras biotecnologias líquidas; inserir prostéticos e implantes; enfrentar cirurgias extremas; ou criar curvas de silicone industrial. São “pessoas em guerra - para ganhar a batalha contra o tempo, combater a celulite, derrotar a gordura, conquistar a fisionomia ideal. Uma guerra na qual se pode morrer”, apontou Pussetti.

Consequentemente, o projeto académico deu origem à exposição que está agora patente na Galeria Óriq 2020, em Lisboa. “Be F**king Perfect” apresenta fotografias da artista letã Evija Laivina e da artista australiana Jessica Ledwich. Da primeira, estão expostas imagens das séries fotográficas “Everything is Going to Be Awsome”, “Beauty Warriors” e “Fat Series”. Já Ledwich apresenta fotografias do seu premiado ensaio “Monstruos-feminine”.

Chiara Pussetti contou-nos que esta parceria se desenvolveu pelo facto de as três terem “as mesmas preocupações críticas sobre uma sociedade cada vez mais ligada à imagem e à aparência, conscientes das dinâmicas complexas envolvidas”. “Be F**king Perfect” convida então a “problematizar a beleza para além da dicotomia opressão/empoderamento e a considerar as suas interseções com o género, raça, idade, tamanho e diversidade do corpo, classe social, nacionalidade e sexualidade”. Deste modo, a exposição tem como principal objetivo questionar os padrões hegemónicos de beleza e mostrar como a prática de transformar o corpo está cada vez mais normalizada.

Para além do trabalho destas fotógrafas e de alguns dos resultados da pesquisa desenvolvida pelo grupo de investigadores do EXCEL, a exposição apresenta também o documentário “Crónicas da Excelência - Nos Labirintos da (im)Perfeição”, realizado pelo antropólogo visual e realizador, Francesco Dragone. Irão ainda decorrer debates, tertúlias e eventos gratuitos, abertos ao público, onde serão abordados os temas principais do projeto.

A exposição “Be F**king Perfect – The Pursuit of Excellence” estará em exibição até ao dia 16 de outubro, na Galeria Óriq 2020, e a sua programação completa pode ser consultada online.

NO GERADOR ABORDAMOS TEMAS COMO CULTURA, JUVENTUDE, INTERIOR E MUITOS OUTROS. DESCOBRE MAIS EM BAIXO.

Já pensaste em tornar-te sócio gerador?

Ser Sócio Gerador é ter acesso à assinatura anual da Revista Gerador (4 revistas por ano), a descontos nas formações da Academia Gerador, passatempos exclusivos, experiências e vantagens na cultura.

A tua lista de compras
O teu carrinho está vazio.
0