Uma seleção de trabalhos do artista eborense compõem esta mostra patente a partir de sábado, dia 7 de novembro, no Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio Almeida (FEA), em Évora. A entrada é gratuita.

Com curadoria de Mariana Marin Gaspar, “Do Inesgotável” é uma exposição “sugestiva e representativa” do Pedro Calhau, que inclui trabalhos de desenho, pintura, escultura, gravura, fotografia, instalação, texto e imagem, destacando-se por “dar a conhecer uma dinâmica relacional”, mas também por “ativar e questionar o processo criativo do artista que, simultaneamente, une e liberta”, explicou a FEA numa nota enviada à imprensa.

A mostra caracteriza-se por evidenciar “um conjunto de conceitos e ideias” que atravessam a obra de Pedro Calhau, tais como “a imaginação, a associação livre e a montagem”, onde é possível reconhecer “uma generosa e insaciável curiosidade”, mas também uma simplicidade que “não sendo totalmente inocente, é profundamente espontânea e instintiva”.

Local: Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio Almeida, em Évora
Horário: terça-feira a domingo, das 10h às 13h, e das 14h às 18h
Preço: Gratuito
Fotografia disponível através do site oficial da FEA
Exposição “Do Inesgotável” reúne trabalhos de Pedro Calhau em Évora