fbpx
Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

Emergente comemora quinta edição no Musicbox

Ao longo de três dias, a sala de espetáculos em Lisboa vai receber nove talentos Super Emergentes e seis projetos musicais convidados pela organização.

Texto de Redação

JAVISOL. Fotografia de Laura Gämmerler

Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

O Festival Emergente está de regresso entre 27 e 29 de dezembro. Esta quinta edição, que decorre no Musicbox, conta com quinze atuações e e promete revelar mais da nova música portuguesa.

Evaya, Marianne, Redoma, Royal Bermuda, Ricardo Crávidá, Human Natures, Malva, Marquise, X IT são os projetos selecionados este ano, através da open call Super Emergentes. Nomes já anunciados e premiados nas edições anteriores completam o line-up desta edição. São eles: Lana Gasparøtti, Meta, Humana Taranja, Falso Nove, Javisol , O Marta

Ao longo das últimas quatro edições, mais de 200 bandas concorreram à open call, e são 52 os projetos que subiram ao palco do festival, incluindo os convidados pela organização. “Uma autêntica linhagem da nova geração da música portuguesa: de Sunflowers a Pedro Mafama, de Meta_ a Hause Plants, de Bia Maria a Solar Corona ou de Ana de Llor a Bandua, muitos dos artistas que passaram pelo Emergente são hoje nomes seguros da música portuguesa e do enorme talento de uma geração entusiasmante”, refere a organização em comunicado.

Este ano, a organização registou um recorde de candidaturas ao concurso Super Emergentes, com 77 projetos a responder à chamada. “Não estamos só a falar de quantidade, mas principalmente da qualidade das propostas apresentadas que, mais uma vez, se revelou surpreendente!”, é dito em comunicado. “Do hip-hop à música eletrónica, da spoken word ao alt rock, das sonoridades tradicionais reinventadas ao dream rock progressivo, o espectro musical alargou-se consideravelmente e com uma consistência notável, requerendo uma segunda votação e deliberações finais do júri.”

Para além de integrarem a programação, os projetos musicais Super Emergentes que vão atuar no festival, concorrem para os prémios de “Melhor Projeto Musical” e de “Melhor Concerto Super Emergente". Os vencedores da primeira categoria são escolhidos pelo júri do festival e têm direito à gravação de um álbum ou EP, no Estúdio Camaleão. Já o segundo prémio é uma escolha exclusiva do público, e os vencedores têm a oportunidade de dar um concerto/showcase na SBSR.fm, rádio parceira do festival há quatro anos consecutivos. Este ano, há ainda o prémio "Rodellus", cujo galardoado irá participar na próxima edição do festival com o mesmo nome.

O diretor artístico e de produção do festival, Carlos Gomes, explicou, no ano passado, ao Gerador, que o cruzar de géneros musicais aumenta a diversidade do evento e possibilita o cruzamento de públicos. “Essa, de facto, é uma vontade do festival, é por estes processos de contaminação que as coisas se vão depois desenvolvendo e gerando outras”.

Sobre o panorama da música emergente, em Portugal, Carlos Gomes defendeu que a dimensão do território nacional não espelha a quantidade de projetos musicais que têm vindo a surgir e a desenvolver-se. “Para a dimensão do país que temos, acho que a música emergente nacional é, de facto, de uma diversidade e de uma riqueza brutal. Há muita qualidade e quantidade de bandas à volta do setor da música e, em particular, da música emergente”.

Podes consultar toda a programação aqui.

Publicidade

Se este artigo te interessou vale a pena espreitares estes também

15 Junho 2024

Recrutamento: procuramos designer

14 Junho 2024

Pop Up Quiz. O que sabes sobre o corpo humano?

14 Junho 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

13 Junho 2024

Dar uma volta com João Figueiredo

13 Junho 2024

Ansiedade Política: Como Lidar com a ascensão da Extrema Direita?

13 Junho 2024

Joacine Katar Moreira: “Eu não imaginei nunca o isolamento a que a esquerda me votou”

12 Junho 2024

42: Prólogo

12 Junho 2024

Vem assistir à gravação ao vivo do podcast que une ciência e jornalismo

12 Junho 2024

Haris Pašović: “Não acredito que a arte deva estar desligada da realidade”

11 Junho 2024

Sobre o Princípio de Reparação do Dano Ambiental (e a Necessidade de Tutelar o Direito ao Ambiente)

Academia: cursos originais com especialistas de referência

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação à Língua Gestual Portuguesa [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Produção de Eventos Culturais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Narrativas animadas – iniciação à animação de personagens [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Comunicação Cultural [online e presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Soluções Criativas para Gestão de Organizações e Projetos [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação ao vídeo – filma, corta e edita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Fundos Europeus para as Artes e Cultura I – da Ideia ao Projeto

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Práticas de Escrita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

O Parlamento Europeu: funções, composição e desafios [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Jornalismo e Crítica Musical [online ou presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Viver, trabalhar e investir no interior [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Introdução à Produção Musical para Audiovisuais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Pensamento Crítico [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Comunicação Digital: da estratégia à execução [online]

Duração: 15h

Formato: Online

Investigações: conhece as nossas principais reportagens, feitas de jornalismo lento

5 JUNHO 2024

Parlamento Europeu: extrema-direita cresce e os moderados estão a deixar-se contagiar

A extrema-direita está a crescer na Europa, e a sua influência já se faz sentir nas instituições democráticas. As previsões são unânimes: a representação destes partidos no Parlamento Europeu deve aumentar após as eleições de junho. Apesar de este não ser o órgão com maior peso na execução das políticas comunitárias, a alteração de forças poderá ter implicações na agenda, nomeadamente pela influência que a extrema-direita já exerce sobre a direita moderada.

22 ABRIL 2024

A Madrinha: a correspondente que “marchou” na retaguarda da guerra

Ao longo de 15 anos, a troca de cartas integrava uma estratégia muito clara: legitimar a guerra. Mais conhecidas por madrinhas, alimentaram um programa oficioso, que partiu de um conceito apropriado pelo Estado Novo: mulheres a integrar o esforço nacional ao se corresponderem com militares na frente de combate.

A tua lista de compras0
O teu carrinho está vazio.
0