A exposição fotográfica Fotografar é dar Vida está em exibição na Casa dos Condes de Alcoutim, entre 31 de Agosto e 21 de Setembro. Enquadrada no projecto de saúde materno infantil da ONG VIDA, “Anhacanhau Adjanhau – A mulher líder na gestão comunitária dos serviços de saúde” é o fruto de uma actividade implementada por esta em colaboração com Bagabaga Studios e Eyes of the Street, com o financiamento de Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P e Fundação Calouste Gulbenkian.

O workshop de fotografia participativa decorreu em Varela e Susana, no Norte da Guiné-Bissau, entre 10 de Junho e 1 de Julho de 2016. Destinou-se a um grupo de mulheres guineenses de etnia Felupe, mães e líderes, às quais foram distribuídas câmeras fotográficas, reunidas através de uma recolha realizada em Portugal e no Brasil, com o objectivo de dar espaço ao seus olhares.

Estas mulheres levavam as câmeras para o seu quotidiano e fotografavam livremente, sem nenhum tema pedido. Ao fim do dia, reuniam-se, mostravam as imagens captadas e, a partir delas, eram convidadas a reflectir sobre o sentido das suas experiências nas diversas dimensões das suas vidas, seja a maternidade, a educação, o trabalho, as tradições.

As fotógrafas seleccionaram as fotografias que foram expostas em Varela e Bissau (Guiné-Bissau), Paraty (Brasil), Lisboa e Porto (Portugal).

Texto Raquel Botelho Rodrigues
Créditos cedidos por VIDA
Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.