A artista plástica Maria João Damas apresenta a exposição “Mal me quer, bem me quer, muito, pouco ou nada” na Casa das Artes de Miranda do Corvo, em Coimbra.

Através da utilização de objetos de uso comum, que adquirem neste contexto uma nova interpretação, forma e expressão, “Mal me quer, bem me quer, muito, pouco ou nada” é um projeto que promove espaço de reflexão sobre a condição humana.

Abordando e relacionando problemáticas contemporâneas como a violência doméstica, o desamor, as expectativas, o romance, a violência, a morte e a forma como se concebe o quotidiano das vítimas, a artista questiona através desta instalação artística “a imagem que cada um de nós edifica anulando os sentidos que nos conduzem à distância que segura o nosso bem estar no mal dos outros”.

De acordo com Maria João Damas, “”Mal me quer, bem me quer, muito, pouco ou nada” simboliza a crença inocente de podermos ser amados com o cair de cada pétala”.

Maria João Damas nasceu em Coimbra, em 1971. É artista plástica, autodidata, e em 2018 decidiu dar a conhecer o seu trabalho. Desde então tem dinamizado e tem sido convidada a participar em diferentes exposições.

Local: Casa das Artes de Miranda do Corvo
Horário: Terça a sexta entre as 14h e as 18h; Sábado das 14h30 às 18h
Preço: Gratuito
Fotografia cedida pela artista