A Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa recebe, de 8 a 11 de abril, a nova edição do Destrava – Festival de Línguas.

Nesta que será a sua 3ª edição, o festival, organizado pelo centro de línguas CLi-FLUL, quer colocar, ao longo de 4 dias, línguas e culturas do mundo em diálogo com um programa vasto de actividades, abertas ao público em geral.

No programa deste ano, o festival inclui exposições, teatro, concertos, workshops e aulas abertas e projeção de filmes documentais. Além destas atividades, o Destrava apresenta ainda um ciclo de três conversas, com a presença de diversos convidados.

Assim, no segundo dia de festival, a 9 de abril, a primeira conversa do ciclo, subordinada ao tema “Tempo e criatividade nas empresas”, conta com a participação de Helena Marujo (Psicologia Positiva), Isabel Andrade (Coaching), José Brito Soares (Clube Intercultural Europeu) e Lígia Mendonça (Microsoft).

Na segunda conversa, a 10 de abril, participam as entidades A Avó Veio Trabalhar, Creative Mornings, Gerador - Escola De Artes e Fablab, subordinadas ao tema “A criatividade faz bem à cabeça”.

No último dia do festival, a 11 de abril, a terceira e última conversa do ciclo, conta com a participação de Isabel Zambujal (escritora), Rosário Vieira (Sintagma), Maria João Vicente (Teatro Da Garagem) e Nuno Hipólito (especialista em Seo), para falarem de criatividade e formas de expressão.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Cartaz disponível no evento de Facebook do Destrava - Festival de Línguas

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.