Este passado domingo, dia 7 de julho, arrancou em Vila Nova de Famalicão a edição de 2019 do ARTcamp, projeto no campo da educação artística, até 31 de julho, vai acolher um total de 25 crianças, dos 7 aos 13 anos, em residências artísticas instaladas numa quinta na freguesia de Requião.

Da autoria do Centro Artístico “A Casa Ao Lado”, o projeto assenta num conceito de vocação pedagógica que, através de diferentes formas de expressões artísticas, pretende estimular a capacidade de inovar, experimentar e criar dos mais jovens, aliando o processo de educação artística ao lazer e diversão.

“O programa do ARTcamp 2019 vai ocupar estas crianças durante as manhãs, tardes e inícios de noite, introduzindo a experimentação de atividades tão diversas como a produção de cinema de animação, pintura de murais, modelação de peças em barro, escultura em gesso, azulejaria, pirogravura, entre outras, mas sempre numa lógica aplicada à arte urbana”, explica Joana Brito, diretora artística d’A Casa Ao Lado’, citada em comunicado.

Além do conjunto de atividades artísticas a decorrer na Quinta da Casa, o programa do ARTcamp 2019 prevê ainda visitas ao Museu do Vale do Côa e ao Núcleo de Arte Rupestre de Penascosa, ambos em Foz Côa, ao Mosteiro de São Martinho de Tibães, em Braga, e ao Núcleo de Arqueologia de Famalicão.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de ARTcamp

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.