A Feira do Livro do Porto está de regresso, entre 27 de agosto e 12 de setembro, aos Jardins do Palácio de Cristal. A edição deste ano pretende homenagear o escritor Júlio Dinis e terá como participantes 78 entidades, distribuídas por 124 pavilhões.

De acordo com informação disponibilizada pela Câmara do Porto, para a edição deste ano, apresentaram candidatura 82 entidades, das quais foram aprovadas 78 entre distribuidoras, editoras, livrarias, alfarrabistas, estruturas institucionais, ocupando 124 pavilhões, aos quais se junta mais um, que será para uso da autarquia.

Antecedendo seis fins de semana da Feira do Livro, realiza-se, ainda, pela primeira vez o ciclo de programação cultural “Warm Up”, que “vai percorrer diversas sonoridades, do jazz aos blues, passando pelas músicas do mundo, a spoken word e a música de dança, com muitos concertos marcados com músicos emergentes”.

No primeiro fim de semana de “Warm Up”, nos dias 16, 17 e 18 de julho, entre os espaços da Casa do Roseiral, Concha Acústica e do Lago dos Cavalinhos, no Palácio de Cristal, o destaque da organização vai para o concerto de apresentação do novo álbum de Rui Reininho, “20.000 Éguas Submarinas”.

A Feira do Livro do Porto, fundada em 1930, é desde 2014 organizada pela Câmara Municipal do Porto e decorre anualmente nos Jardins do Palácio de Cristal.

Texto de Isabel Marques e Lusa
Fotografia disponível via facebook Feira do Livro do Porto