No dia 29 de julho, pelas 19h, o Festival Dá Corda leva ao Hotel Six Senses Douro Valley o concerto de Miguel Ângelo Quarteto. O festival quer unir esforços entre o sector da cultura e do turismo.

Vários concertos ao vivo, com transmissão online, vão dar música a diferentes espaços de hotelaria e unidades de alojamento localizados na região do Porto e Norte do país. Criado com o objetivo de unir esforços entre o setor da cultura e do turismo, reavivando os dois setores fortemente afetados pela pandemia, o Festival Dá Corda estreia no próximo dia 29 de Julho com o concerto de Miguel Ângelo Quarteto no Hotel Six Senses Douro Valley, pelas 19h.

Até janeiro de 2022, o Festival Dá Corda vai mostrar a potencialidade de cada localidade com atuações que se irão traduzir numa oportunidade de trabalho para os músicos e respetiva equipa técnica envolvida na produção do espetáculo e, simultaneamente, numa ferramenta de divulgação e promoção dos espaços escolhidos como palco.

O Festival Dá Corda tem uma estreia de luxo, num dos mais emblemáticos hotéis da região do Douro, o Six Senses Douro Valley, com o concerto do conceituado grupo de jazz, Miguel Ângelo Quarteto, que lançou recentemente o álbum “Dança dos Desastrados”.

O espaço escolhido para a estreia é a antiga Quinta de Vale Abraão, uma jóia do século XIX que deu nome a um livro de Agustina Bessa-Luís e ao filme de Manuel Oliveira. Foi convertida em hotel (único resort da Europa da cadeia asiática Six Senses), também conhecido pela prática da sustentabilidade (produtos locais, redução do desperdício e do plástico), privilegiando os vinhos e produtos portugueses de pequenos produtores. O Six Senses tem também um Fundo de Sustentabilidade destinado a apoiar três projetos nas comunidades locais.

O Festival Dá Corda é uma iniciativa da BMC Events e conta com o apoio dos Fundos Europeus Portugal 2020 através do Programa Garantir Cultura e Compete 2020. Em breve serão anunciados mais concertos.

Texto por Patrícia Nogueira
Fotografia disponível via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.