fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

Festival “Que jazz é este?” regressa a Viseu com a décima edição em julho

O festival “Que jazz é este?” comemora, em 2022, a sua décima edição, com vários concertos na cidade de Viseu de 20 a 24 de julho.

O festival integra 11 concertos para o público geral, 5 concertos em formato ambulante na rua, 5 concertos ao domicílio, 3 jam sessions, 1 exposição, 3 conversas, 20 horas de rádio ao vivo e 5 sessões de cinema musicado ao vivo. Cada concerto será exibido em três horários diferentes de modo a conseguir chegar a todos. 

O Museu Nacional Grão Vasco acolhe Pedro Moreira Sax Ensemble com o tema “Two Maybe More”. Uma peça escrita para o espetáculo de Sofia Dias, Vítor Roriz e Marco Martins, que foi adaptada para ensemble de 8 saxofones, baixo e bateria com o objetivo de possibilitar uma abertura de improvisação musical. 

Pedro Moreira Sax Ensemble - Fotografia Cortesia Festival Jazz

No coração da cidade, no Parque aquilino Ribeiro, o artista Blue Note presenteia o público com uma combinação de jazz, soul, drum’n’bass e spoken word, considerada uma das mais celebradas vozes da sua geração.

Spinifex, tocam uma junção de free jazz, punk-rock polirrítmico e estruturas rigorosamente compostas com poesia tâmil e islandesa antiga e contemporânea. 

Spinifex - Fotografia Michel Maas

O festival conta também com a presença da cantora e compositora de Bissau, Karina Gomes.

O concerto tradicional do Colectivo Gira Sol Azul traz até à cidade de Viseu o pianista de jazz britânico, Jason Rebello, e a cantora e multiinstrumentalista Sumudu.

O combo jazz da Gira Sol Azul é composto pelos músicos mais jovens do grupo, com parceria do Carmo’81, e apresentar-se-ão num concerto com os viseenses Smoke Hills. 

Um estilo originado no hip-hop, mas que tem como objetivo criar um estilo não convencional. 

Karina Gomes - Fotografia Cortesia Festival Jazz

A Casa do Miradouro, acolhe jovens músicos do panorama atual, tais como, Peixe Boi e Garfo com abordagens musicais comuns que alternam entre as componentes escrita e improvisada. 

Na mesma região, no Teatro Viriato, apresenta-se Manuel Linhares com o seu mais recente álbum “Suspenso” em que reforça os seus argumentos dentro do panorama jazz português. 

Por fim, a pousada de Viseu acolhe Miguel Valente Quarteto, que foi o primeiro vencedor da edição do Concurso Internacional de Jazz da Universidade de Aveiro.

Miguel Valente Quarteto - Fotografia Alian Cianci

O festival “Que jazz é este?” destaca-se pela sua criatividade e originalidade, criando as rubricas “Jazz na rua” e “Jazz ao domicílio” que visam trazer a música até ao ambiente das pessoas contagiando a cidade com a energia do jazz. Têm como parcerias as escolas profissionais de música da região e levam a música a ruas, hospitais, prisões e lares com o intuito de fazer chegar a cultura musical a todos. 

Especialmente concebido para o festival, este ano, as manhãs estarão ao som de “A Rádio Rossio” que emitirá a partir da sua caravana, isto é, um estúdio móvel, os seus programas locais. As tardes ficam encarregues à animação de Rui Miguel Abreu (Rimas e Batidas) e Ricardo Ramos (Viseu Demo Tapes).

O público pode ainda usufruir da musicalidade do trio de músicos, de diferentes gerações, João Guimarães, Bruno Pinto e Olívia Pinto, com a apresentação de um filme musicado.

Para além de toda a riqueza musical preparada, o festival continua a apostar em dinâmicas distintas e oportunidades de formação e profissionalização na área da música. Realizar-se-á o 14º Workshop  de Jazz de Viseu orientado por Jason Rebello e Xose Miguélez, no palco do jardim do Hotel Grão Vasco.

Fotografia Cortesia Festival Jazz

Para quem gosta de arte e história, pode conhecer ainda os 10 anos de história das últimas décadas do festival, numa exposição instalada no Carmo81.

Esta exposição é moderada por Catarina Machado (radialista), que guiará as conversas em torno dos atores da pré-história do festival desde os anos 40.

Dar-se-á espaço para uma reflexão sobre a produção cultural e musical, fora dos grandes centros, e sobre a definição e posicionamento do jazz ao longo dos tempos.  

A vontade de criar e partilhar é comum a todos aqueles que se juntam ao festival “Que Jazz É Este?”. Reune jovens naturais e residentes fora dos grandes centros de formação e produção cultural. Assumem-se como ecléticos, diversificados e acessíveis ocupando preferencialmente espaços públicos. 

O festival disponibiliza um ciclo de concertos promovidos pela Gira Sol Azul e é financiado pelo programa Eixo Cultura do Município de Viseu e pela Direção Geral das Artes.

De forma a contribuir para a sustentabilidade da iniciativa, a organização sugere um donativo de 3 € para assistir a cada um dos espetáculos. 

Podes consultar mais informações no site do festival.

Cartaz Festival
Texto de Vanessa Lopes
Fotografia disponível via Unsplah

NO GERADOR ABORDAMOS TEMAS COMO CULTURA, JUVENTUDE, INTERIOR E MUITOS OUTROS. DESCOBRE MAIS EM BAIXO.

Já pensaste em tornar-te sócio gerador?

Ser Sócio Gerador é ter acesso à assinatura anual da Revista Gerador (4 revistas por ano), a descontos nas formações da Academia Gerador, passatempos exclusivos, experiências e vantagens na cultura.

Shopping cart
There are no products in the cart!
Continue shopping
0
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}
Copy link
Powered by Social Snap