O Festival Vai à Janela é um evento onde a Música, o Teatro e a Poesia serão lançados pelas janelas de vários artistas portugueses e farão arejar muitas casas. Teve início hoje, no dia 2 de Abril, mas também decorrerá amanhã, dia 3, e fará arejar as casas dos habitantes dos bairros de Santos, da Graça, de Santo António, de Alvalade e de Cova da Piedade.

Os que não vivem nestas ruas, poderão assistir às performances, que serão transmitidas em directo, através do Instagram dos próprios artistas, bem como do oficial do Festival. No dia 2, pelas 18h00, a poetisa Gabi Abreu foi à janela de Alvalade, e, pelas 18h30, a cantora e compositora Mariane Guerra, de Santos. Amanhã, dia 3, às 17h30, o crítico de cinema Duarte Mata actuará na Cova da Piedade, o músico Tomaz Lenz, às 18h00, em Alvalade, a fotógrafa Katerina Drozhzha, às 18h30, na Graça, e a cantora e compositora Badan, às 19h00, em Santo António.

Esta iniciativa nasceu do desafio extra-curricular denominado #WAEMCASA, lançado pela World Academy, escola de formação profissional no âmbito da criatividade, da comunicação e dos eventos, neste contexto de pandemia, que motivou a interrupção das aulas presenciais desde o passado dia 16 de Março.

“O desafio tem o propósito de fazer com que os alunos apliquem, durante a quarentena, os conhecimentos e capacidades desenvolvidos até ao momento, juntando-se em grupos e, sem parar, criar conteúdos, ganhar experiência, partilhar resultados e gerar portfólio”, lê-se no comunicado.

Texto de Raquel Botelho Rodrigues

Cartaz do Festival Vai à Janela