A obra de Jacqueline de Montaigne vai estar em destaque no Espaço Exibicionista, em Lisboa, entre 5 a 21 de novembro de 2021. A mostra individual intitulada “Found” traz “uma conexão com os murais desenvolvidos durante o ano de 2021, apresentando originais que serviram como ponto de partida para execução destes trabalhos de arte pública”, segundo nota de imprensa enviada ao Gerador.

"Found é meu corpo de trabalho mais íntimo que explora um equilíbrio entre arte urbana e o meu trabalho de estúdio, fundindo organicamente a minha paixão pela arte figurativa e pela temática da natureza... murais de grande escala, detalhes insanamente minúsculos e com significados ocultos“, explica a artista, citada na nota.

No âmbito deste evento será também pintado um mural numa das paredes da galeria (o último que a artista fará este ano) e feita uma intervenção durante a apresentação das suas aguarelas.

A obra de Jacqueline de Montaigne tem um carácter introspetivo e, frequentemente, autobiográfico. Textos secundários, imagens e a identidade visual das figuras expressam-se “como manifestos e celebrações de inconformidades, indo de encontro a estereótipos e estigmas”. A natureza está sempre presente, sendo incluída nos trabalhos da artista luso-britânica como um elemento de fragilidade e calma, o que acaba por contrastar com as temáticas retratadas.

A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 11h às 20h. Aos sábados, o horário encurta até às 16h.


Imagem cedida pelo Espaço Exibicionista
Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.