Guimarães vai acolher, mais uma vez, um dos mais importantes festivais de dança contemporânea, o GUIdance. Durante oito dias, de 6 a 16 de fevereiro, o evento vai dar a conhecer a arte da dança através de espetáculos, masterclasses, conversas e debates.

Este ano, o festival celebra o 10.º aniversário e vai contar com artistas nacionais e internacionais num cartaz que junta cerca de 11 espetáculos. As iniciativas vão dividir-se entre os Centro Cultural Vila Flor (CCVF) e o Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG).

Esta edição caracteriza-se pela presença feminina. Na página de apresentação do festival, Rui Torrinha, diretor do CCVF, afirma que “este movimento feminino do elenco coloca intencionalmente o papel da mulher no centro da criação e das atenções, reforçado pela presença de homens que acentuam ainda mais essa qualidade”. Este ano, o evento conta com quatro estreias nacionais e duas absolutas.

Na programação, destacam-se nomes como Tânia Carvalho com “Onironauta”, Vera Mantero e Jonathan Uliel Saldanha com “Esplendor E Dismorfia”, Joana Castro com “Rite Of Decay”, entre muitos outros. Toda a programação pode ser consultada aqui.

Texto por Gabriel Ribeiro
Fotografia de Samantha Weisburg via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.