No ano em que se comemora o centenário do nascimento da escritora Sophia de Mello Breyner Andresen (Porto, 1909), a Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, organiza um colóquio internacional, a decorrer nos dias 16 e 17 de maio.

Ao longo de dois dias, especialistas nacionais e internacionais poderão abordar e discutir pontos essenciais de uma obra essencial da literatura moderna.

O colóquio será composto por quatro mesas-redondas – “O Espaço”, “Os outros Poetas”, “A Política” e “A Arte Poética” –, e cerca de duas dezenas de comunicações.

No primeiro dia, quinta-feira, a abertura desta iniciativa estará a cargo de Guilherme d’Oliveira Martins, Maria Andresen de Sousa Tavares e Fernando Cabral Martins. O primeiro dia fica ainda marcado pelas comunicações de Adília Lopes, Helder Macedo.

No segundo dia, sexta-feira, participam personalidades como Fernando J. B. Martinho, Perfecto Cuadrado ou Maria Filomena Molder.

O colóquio será de entrada livre mediante a capacidade do auditório.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de Pedro Ribeiro Simões via flickr

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.