A Biblioteca Municipal do Porto (BMP) vai explorar seis obras de Agustina Bessa-Luís num ciclo que teve início no dia 18 de janeiro e finda a 14 de junho. As atividades começam sempre às 19h00 e pretendem abordar as diferentes obras da autora natural de Vila Meã através de diferentes expressões artísticas.

São mais de 50 as obras com assinatura de Agustina, que vão de romances, a novelas, a peças de teatro e guiões de cinema até biografias, ensaios e livros infantis. Numa coorganização com o Círculo Literário Agustina Bessa-Luís, a BMP iniciou o ciclo com uma leitura encenada de Dentes de Rato, um livro infantil editado pela primeira vez em 1987.

A próxima sessão, uma leitura encenada de As Estações da Vida, está marcada para o dia 15 de fevereiro e viaja nas estações de caminhos-de-ferro que estiveram presentes na vida de Agustina — da linha do Douro à pequena viagem entre São Bento e Campanhã, no Porto, a Barca d’Alva e às viagens mais longas por Espanha.

No dia 15 de março há uma projeção de curtas-metragens que têm como ponto de partida Três Mulheres com Máscara de Ferro, a história que resulta no encontro de Sibila, Fanny e Ema, protagonistas de três romances da autora — A Sibila, publicado em 1954, Fanny Owen, em 1979, e Vale Abraão, em 1991. Seguem-se as leituras encenadas de O Bobo, a 12 de abril, e de Pedro e Inês, a 17 de maio.

O ciclo encerra no dia 14 de junho sob a forma de uma sessão com concerto de Florbela Espanca, a biografia que Agustina dedicou a Florbela, com passagens pela vida e obra da poetisa portuguesa. 

O bilhete para cada sessão tem o custo de de 3€ e o passe para o ciclo completo 14€. Para os leitores das Bibliotecas Municipais a entrada é livre, mediante a apresentação do cartão de leitor e até à lotação do espaço.  

No início do ano de 2019 foi anunciada uma coleção de livros biográficos sobre figuras incontornáveis da cultura portuguesa, pela editora Contraponto, de onde Agustina Bessa-Luís faz parte. Sabe mais aqui.

Texto de Carolina Franco
Fotografia de Alireza Attaric via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.