"Heras" é o novo projeto que junta GrETUA, Grupo Experimental de Teatro da Universidade de Aveiro, e o Teatro Aveirense. Através de um ciclo de pequenas atuações fora dos dos palcos habituais, nas casas dos aveirenses, o objetivo é promover entre o público e os artistas um formato íntimo. O projeto ocorrerá de outubro a dezembro.

Em entrevista ao Diário de Aveiro, os organizadores explicam que os anfitriões “receberão em sua casa um artista para uma pequena performance singular, havendo espaço ainda para o jantar, o convívio e a conversa." Assim sendo, a ideia passa por fortalecer a relação de proximidade do público para com a cultura. Relação essa que "deve ser sempre, acima de tudo, emotiva", esclarecem.

Apesar da programação, da composição dos artistas, só ser conhecida amanhã, 24 de setembro, a garantia é que muitos dos protagonistas serão alguns dos artistas que farão parte da programação nos próximos meses do GrETUA e do Teatro Aveirense.

De momento, as inscrições para o projeto "Heras" encontram-se encerradas. Saliente-se ainda que todos os artistas serão previamente testados à covid-19.

À parte desta atividade, os aveirenses estão ainda convidados a integrar a habitual extensão da galeria "Ao Vivo", programação do GrETUA desde o final de 2019, tendo expostas obras de arte nas suas janelas.

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Unsplash