A Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia – IADE – desenvolveu um projeto de protecção individual para os profissionais de saúde, bem como para aqueles que têm de garantir serviços indispensáveis e de atendimento ao público.

Procurando contribuir para acção de combate à propagação da infeção por COVID-19, e tendo em conta as necessidades de equipamento preventivo, esta instituição de ensino “desenvolveu de raiz um projecto de design e produção de viseiras. O design é de Vasco Milne, que partilha com Diamantino Abreu a produção, e a modelação 3D, de Ruben Martins e Miguel Diniz.

 “Analisado e validado por profissionais de saúde, e respeitando a regulamentação em termos de material e higiene, as viseiras do IADE são de fácil utilização e reutilizáveis. Desenvolvidas com os materiais policarbonato transparente 0.75mm, PLA e Elástico Náutico, a sua produção assenta, principalmente, na tecnologia de corte a laser e com recurso à impressão 3D, o que permite uma maior produção num curto espaço de tempo”, lê-se em comunicado.

Encontram-se em desenvolvimento, em parceria com a Ondagrafe, uma empresa de produção digital, 960 viseiras, que se serão doadas aos Hospitais Beatriz Ângelo, Santa Maria, Amadora Sintra e Estefânia.

Texto de Raquel Botelho Rodrigues

Fotografia de Engin Akyurt