Improvisando – a nova geração do jazz português é um livro de entrevistas a 14 músicos de jazz nacionais, com lançamento marcado para dia 13 de novembro no Hot Clube de Portugal, contando com atuações de alguns dos músicos que protagonizam o livro.

A sessão de apresentação vai contar com Nuno Rogeiro, seguindo-se momentos musicais de Ricardo Toscano, João Hasselberg, André Santos, Rita Maria, Desidério Lázaro, Pedro Branco, Gabriel Ferrandini, César Cardoso e Pedro Melo Alves.

O livro surge como resultado da parceria entre o crítico de jazz Nuno Catarino e a fotógrafa Márcia Lessa, que se conheceram em novembro de 2006 na cobertura, para a Jazz.pt, do festival Guimarães Jazz, em que o contrabaixista Charlie Haden foi apresentar a música do álbum Liberation Music Orchestra. Desde então, fizeram alguns trabalhos em parceria, relação essa que se intensificou quando decidiram trabalhar em entrevistas de fundo com músicos de jazz portugueses. “Com este trabalho, tínhamos uma assumida intenção: ajudar a promover os trabalhos dos músicos, fornecendo algum contexto explicativo, que a audição simples do disco esconde”, escreve Nuno Catarino.

Cada entrevista é complementada com uma sessão fotográfica em que a lente de Márcia indaga um universo especial em diversos locais. Assim, Márcia procurou captar a “pessoa antes do artista” – “as imagens que fui fazendo com cada um dos 14 músicos que cabem neste livro são retratos de pessoas, antes de serem retratos dos músicos (se é que é possível dissociar um do outro)”, escreve.

Partindo do testemunho de uma nova geração de jovens músicos que propõem novas ideias e caminhos para o jazz, particularmente na década de 2010, o livro reúne entrevistas a 14 músicos que se consideraram representativos desta vaga. São eles Ricardo Toscano, João Hasselberg, André Santos, Rita Maria, Desidério Lázaro, Pedro Branco, João Barradas, Gabriel Ferrandini, Sara Serpa, Luís Figueiredo, César Cardoso, Susana Santos Silva, João Mortágua e Pedro Melo Alves. O livro é complementado com uma lista de 75 discos essenciais de jazz português do século XXI, uma seleção de pistas de audição para quem queira descobrir ou conhecer melhor o jazz e as músicas improvisadas que se fazem em Portugal.

Este livro é uma edição do Hot Clube e conta com distribuição da Tigre de Papel, disponível para venda a partir de dia 13 de novembro na livraria Tigre de Papel ou por encomenda, através do e-mail encomendas@tigrepapel.pt .

Tal como escreve Márcia na sua introdução ao livro, “eu e o Nuno somos apenas a câmara e o papel. A imagem final surgirá em forma de música, dentro de cada um de vocês.” O mote fica lançado e é possível testemunhar a música com que esta nova geração nos brinda no dia 13 de novembro, no Hot Clube, a partir das 22h30, com entrada livre.

Texto de Andreia Monteiro
Fotografia disponível no evento de Facebook

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.