A Câmara Municipal de Lisboa irá selecionar dois artistas para duas residências artísticas em Budapeste, no âmbito do Programa de Intercâmbio Artístico Lisboa-Budapeste, que se realiza anualmente ao abrigo do Acordo de Geminação celebrado entre as duas cidades. As candidaturas decorrem até 29 de março.

Cada residência tem a duração de um mês, decorrendo de 1 a 30 de junho, e tem um apoio financeiro de 152.000 Forints (cerca de €500), dos quais 80.000 Forints (cerca de €250) implicam a aquisição de material artístico. A viagem até à Hungria é suportada pela Câmara Municipal de Lisboa.

Os candidatos interessados deverão enviar o currículo artístico, portfólio atualizado, uma carta de motivação e ainda apresentar a sua proposta de trabalho a realizar na cidade de Budapeste, junto da Loja Lisboa Cultura, da Câmara Municipal de Lisboa.

“As propostas serão selecionadas em função do seu interesse artístico, coerência com o percurso artístico do candidato e exequibilidade do projeto em função do tempo do programa. Será também avaliado em que medida a residência poderá ter um impacto para a atividade artística do candidato, assim como a relação da proposta com a cidade de Budapeste”, refere a Câmara de Lisboa através de comunicado.

As candidaturas admitidas serão avaliadas por um júri, a designar pela Divisão de Ação Cultural, da Câmara Municipal de Lisboa.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de  Dan Novac via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.