fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

Já começou a Festa do Teatro em Montemor-o-Novo

A Festa do Teatro começou no dia 2 de outubro e irá durar até novembro, no Município de Montemor-o-Novo. Serão apresentadas 15 peças, em diferentes locais e para os mais diversos públicos, resultando num total de 24 espetáculos ao longo dos dois meses.

Imagem de Kyle Head via Unsplash

A Festa do Teatro “é uma coprodução do movimento associativo, em parceria com o Município de Montemor-o-Novo”, que proporciona a apresentação de vários espetáculos de teatro. A edição deste ano começou ontem, dia 2, e irá prolongar-se até ao mês de novembro.

A primeira peça apresentada foi “Bom Anfitrião”, de Filipa Francisco, em colaboração com outros quatro artistas locais. A peça incluiu performers, bailarinos, atores e músicos que abordaram “questões que François Matarasso, investigador ligado à arte participativa, faz às comunidades com quem trabalha”. Exemplos dessas são: o que torna um lugar especial? De que queremos falar? O que queremos mudar nas nossas comunidades? Os artistas participantes, de diferentes territórios, integram a Artemrede, uma estrutura de programação e colaboração em rede que o Município de Montemor-o-Novo integra desde 2018.

Dias 7 e 9 de outubro segue-se a estreia da peça “Em Duplicado”, escrita por Joana Bértholo e organizada pela Trimagisto, fundada em Montemor-o-Novo. Será “uma reflexão sobre o eu, o outro e o amor em tempos confusos, em que constantemente se apela à individualidade”, com base na obra de José Saramgo, “O Homem Duplicado”. Entre os atores, encontram-se Carlos Marques, Pedro Luzindro e Lúcia Caroço, que irão atuar, as duas vezes, no Cineteatro Curvo Semedo, em Montemor-o-Novo.

Para além da Trimagisto, também serão apresentadas peças de outras estruturas ligadas ao teatro e que desenvolveram o seu trabalho no Município, tais como a Algures, Alma d’Arame, Grupo de Artes de Palco Sénior do Grupo de Amigos de Montemor-o-Novo e Projeto Ruínas.

Destaca-se ainda a apresentação de espetáculos internacionais, como as peças “Odeio a Minha Irmã” e “Conservando Memórias”. A primeira divide-se em duas performances para maiores de 6 anos, com textos do encenador francês Sébastien Joanniez. Serão “dois monólogos (“Eu Não Gosto da Minha Irmã” e “Eu Quero Ser a Mais Velha!”) contrastantes em que, recorrendo ao humor e a uma linguagem muito inventiva, são traçados os retratos de duas personalidades fortes”. A tradução será realizada por Margarida Madeira e o espetáculo irá decorrer dia 14, no Centro Juvenil de Montemor-o-novo. Por sua vez, a segunda peça terá lugar no dia 26, também no Centro Juvenil, e dedicar-se-á ao público a partir dos 12 anos. “Conservando Memórias” é uma criação dos encenadores espanhóis, Julián Saenz-Lopez e Izaskun Fernández, onde são colocadas questões aos “seus avós, sobre as suas vidas passadas, com uma delicadeza e uma beleza que é comovente”.

Imagem via Facebook do evento "Festa do Teatro - Montemor-o-Novo"

Tal como refere a nota de imprensa, “com a realização desta iniciativa, o Município de Montemor-o-Novo apoia as Associações locais participantes, bem como as suas estruturas parceiras acolhidas no concelho ao longo dos meses de outubro e novembro”.

Os bilhetes para os espetáculos da Festa do Teatro podem ser adquiridos no Posto de Turismo de Montemor-o-Novo, de segunda-feira a sábado.  

NO GERADOR ABORDAMOS TEMAS COMO CULTURA, JUVENTUDE, INTERIOR E MUITOS OUTROS. DESCOBRE MAIS EM BAIXO.

Já pensaste em tornar-te sócio gerador?

Ser Sócio Gerador é ter acesso à assinatura anual da Revista Gerador (4 revistas por ano), a descontos nas formações da Academia Gerador, passatempos exclusivos, experiências e vantagens na cultura.

A tua lista de compras
O teu carrinho está vazio.
0