A secção Navegar, do Festival Leme – Circo contemporâneo, encontra-se com candidaturas abertas, até dia 15 de Julho, para criadores emergentes, com o objectivo de “encontrar espaço e dar protagonismo aos futuros profissionais, através da programação de peças curtas criadas e interpretadas por estudantes/criadores no domínio do circo em Portugal”, lê-se no comunicado.

O LEME – Festival de Circo Contemporâneo e Criação Artística em Espaços não Convencionais terá lugar em Ílhavo, Gafanha da Nazaré e Vista Alegre, entre 4 e 6 de Dezembro de 2020. Nesta terceira edição, propõe-se um programa diverso, que conta com espectáculos internacionais e do âmbito de apoio à criação artística, formação especializada, momentos de reflexão e debate, com o CIRCUS FORUM, assim como actividades com a comunidade. Os três projectos seleccionados, a partir das propostas submetidas à presente convocatória, integrarão o programa do LEME 2020.

O LEME pretende expandir o que se entende por espaço cultural, “abrindo portas a novas perspetivas artísticas, com foco na multidisciplinaridade e na diferença”. O Festival procura, simultaneamente, “contribuir para o desenvolvimento continuado do circo contemporâneo em Portugal, nascendo da vontade de criar um novo espaço de contacto entre os criadores portugueses e a massa crítica internacional que responda aos anseios de um sector em plena evolução.”

Podes consultar as normas de participação, aqui, e preencher o formulário de candidatura, aqui.



Texto de Raquel Botelho Rodrigues

Fotografia disponível na página de Facebook do LEME